CIA DA NOTÍCIA

Abertas inscrições para Conferência Nacional do Jovem Advogado

BandeirasOABDFJá estão abertas as inscrições para a “I Conferência Nacional do Jovem Advogado”, uma realização da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que acontecerá em Porto Seguro, extremo sul da Bahia, nos dias 19 e 20 de março. As inscrições podem ser feitas pelo site www.oab.org.br/cnja, que oferece descontos especiais para grupos. O encontro debaterá a valorização do advogado em início de carreira e vai reunir jovens profissionais de todo o País e estará aberto, também, para estudantes de Direito.

”É imprescindível garantir as condições para que os profissionais recém ingressados no mercado de trabalho possam conquistar estabilidade na profissão e exercer sua vocação com justa remuneração e respeito às suas prerrogativas”, assegura Marcus Vinicius Furtado Coêlho, presidente nacional da OAB. Contornar esses desafios é o objetivo de um dos projetos encampados pelo Conselho Federal da OAB e pelas Seccionais: o Plano Nacional de Apoio ao Jovem Advogado Brasileiro (PJAB), que inclui, entre outras medidas, a defesa das prerrogativas profissionais, o incentivo ao empreendedorismo, as políticas de anuidades diferenciadas e o piso de remuneração mínima.

Em Ilhéus

Interessados no sul da Bahia também podem obter maiores informações na nova sede da OAB em Ilhéus, localizada ao lado do estádio Mário Pessoa. Assim, com o tema “Empreendedorismo Jurídico e Cidadania”, a “I Conferência Nacional do Jovem Advogado”, realizada pela OAB Nacional em parceria com a seccional baiana da Ordem, buscará debater as demandas e expectativas dos advogados em início de carreira, bem como orientá-los, ouvi-los e prepará-los para o mercado de trabalho. Juntos, vislumbraremos os entraves para o início da carreira e pensaremos soluções para o aprimoramento da atuação do jovem advogado.

“É preciso incentivar o empreendedorismo jurídico e as novas tecnologias a fim de que se proporcione ao jovem advogado qualificação e incentivo para o desenvolvimento de seu primeiro escritório, fornecendo noções práticas sobre gerenciamento, administração e trabalho empresarial”, defende o presidente Marcus Vinicius Furtado Coêlho. Serão concedidos certificados aos participantes da I Conferência Nacional do Jovem Advogado perfazendo um total de 16 horas para efeito de complementação das horas curriculares exigidas nos cursos de Direito.

Bookmark and Share

Cabeça de robalo – o manjar dos deuses

A iguaria, de origem canavieirense, também é desejada por presidentes da República, governadores de Estado, reis e até por “pobres mortais”

Por Walmir Rosário

Cabeça de Robalo elaborada pelo Restaurante Alegria de Viver

Cabeça de Robalo elaborada pelo Restaurante Alegria de Viver, o prato tradicional da gastronomia de Canavieiras

Os deuses gostam de dendê, tanto isso é verdade que um dos pratos mais desejados da riquíssima gastronomia canavieirense é a “cabeça de robalo”. Disto não se tem qualquer dúvida. A incerteza de quem ainda não foi apresentado a esse manjar dos deuses é apenas em relação à matéria-prima, pois os pobres mortais que ainda não tiveram o prazer de degustá-lo não concebem, à primeira vista – ou audição – de como os deuses poderiam apreciar uma parte do peixe cheia de ossos e espinhas.

À primeira vista da iguaria, desfaz-se a incerteza com a imagem, saliva-se a boca, aguça-se o paladar, despertando o primeiro dos sete pecados capitais: a gula. Pessoas de gosto refinado e alto conhecimento gastronômico contam que é impossível de controlar os instintos. Chegam ao ponto de afirmar o ato de comer cabeça de robalo, está longe ser ser um pecado capital, e é, sim, uma virtude, pondo por terra a teoria desenvolvida pelo Papa Gregório Magno no século VI.

E têm razão os nobres defensores desta tese. Pra início de conversa, a cabeça de robalo é um prato exclusivo da gastronomia canavieirense, onde os manguezais são considerados os maiores e mais ricos do Brasil, dada a sua diversidade. Não é por acaso que o caranguejo – Ucides cordato – de Canavieiras é tido e havido como o mais gostoso crustáceo de toda a costa brasileira.

E as virtudes gastronômicas da cabeça de robalo ultrapassaram as fronteiras de Canavieiras e Costa do Cacau, chegando a Salvador, Brasília, outros estados e até países. Passou pelas cozinhas e chegou aos salões de banquetes de palácios republicanos e conquistou – definitivamente – a realeza. Por dois anos seguidos o Rei e a Rainha da Suécia, Carlos XVI Gustavo e Sílvia vieram desfrutar do verão de Canavieiras, onde o Rei praticou a pesca do marlim e o casal se deliciou de algumas vezes com a iguaria.

Hoje deitada em berço esplêndido, a cabeça de robalo nasceu em casa tosca, como relata Edelzuita Maria Santana, que aprendeu a preparar esse prato com sua mãe. Aos poucos, a cabeça de robalo deixava de ser apenas um prato inusitado para ganhar status de prazer culinário. Do modesto bar e restaurante “Fundo de Quintal”, ganhou o mundo.

Dona Edelzuíta foi a criadora do prato mais famoso de Canavieiras

Dona Edelzuíta foi a criadora do prato mais famoso de Canavieiras

Nas histórias contadas pelo historiador Antônio Tolentino (Tolé), era muito comum eles levarem os colegas do Banco do Brasil para comer a novidade e eles comerem tudo e ainda perguntarem “Quando é que vem essa cabeça de robalo, pois já comemos toda a entrada?”. Para eles isso era motivo de constantes brincadeiras e que ganhava o mundo.

O Raimundo Antônio Tedesco, conta em suas reminiscências, que quando a cabeça de robalo se tornou amplamente conhecida, tentaram até mudar o seu nome para top less, numa alusão à moda criada na Inglaterra em que as mulheres ficam com os seios à mostra na praia. “Mas esse nome não pegou e o que prevaleceu mesmo foi cabeça de robalo.

Surfando na onda do marketing concebido pelo prefeito de Canavieiras à época (e atual), Almir Melo, que cunhou o slogan “Canavieiras para todos, Canes para os íntimos”, a cabeça de robalo também ganhou rápida ascensão. Em um Carnaval, Almir Melo encomendou 600 cabeças de robalo, que foram consumidas vorazmente, para o desespero dos convidados.

O prefeito Almir Melo é muito “cobrado” pelas autoridades, a exemplo de Jaques Wagner e até mesmo do ex-presidente Lula (recentemente em Salvador) quando se encontra com eles. Em Feira de Santana, durante a entrega de caminhões e máquinas aos municípios baianos, até a presidenta Dilma manifestou sua predileção pela iguaria, quando foi informada pelo governador:

É ele o prefeito de Canavieiras que nos manda a cabeça de robalo!”, disse Wagner.

E assim a presidenta Dilma deu uma pequena pausa na cerimônia para manifestar seu desejo em voltar a receber uma boa remessa de cabeça de robalo. Na alta corte de Brasília, aliás, faz tempo em que os presidentes se deliciavam com a novidade canavieirense, levada, pelo que dizem, por político Antônio Carlos Magalhães.

Matérias foram elaborados e publicadas nos veículos de comunicação, para o desespero de dona Edelzuita, que não aguentava mais para atender a tantas encomendas. “Almir foi o grande incentivador e divulgador da cabeça de robalo e já cheguei a ir a Salvador, convidada por um dos políticos mais famosos da Bahia, para preparar na festa de casamento. “Foi sucesso absoluto”.

Com o aumento das encomendas – que teria de despachar, inclusive por via aérea –, aos poucos, ela foi passando o conhecimento para outras pessoas e atualmente algumas pessoas se destacam no preparo da cabeça de robalo. Uma delas é Conceição de Oliveira, que diz ser o melhor caranguejo para a cabeça de robalo o catado de dezembro a agosto, principalmente nos meses em que não têm a letra “r” no nome.

Segundo Conceição, é preciso observar a melhor época para preparar a cabeça de robalo, respeitando, inclusive o período do “defeso”. Nesta época, diz ela, somos muito cobradas pelos clientes, mas não podemos transgredir a lei e nem vender um produto que não seja de qualidade.

Gostoso de comer, trabalhoso de fazer. Assim é a cabeça de robalo. Mas é a lei da oferta e da procura, pregada pela economia. No caso de cabeça de robalo, não se economiza atenção na hora de lavar e escovar bem a carapaça, quebrar as pernas e “catar” (tirar a “carne” das patas do caranguejo). Abra a carapaça com uma faquinha e retire tudo que tem dentro, inclusive o fel; tempere as “carnes” até o tempero murchar e recoloque no lugar.

Os temperos são: coentro e cheiro verde, tomate, cebola, pimentão, pimenta-de-cheiro, camarão, biri-biri, leite de coco e dendê. Leve a panela ao fogo, vá colocando o dendê e o leite de coco aos poucos. Deixe cozinhar como moqueca, e com o caldo faça um pirão. Depois é só servir com pirão e arroz branco. Mas, em vez de tentar prepará-lo, se torna mais fácil comprá-lo (congelado) numa das tantas especialistas canavieirenses, ou pronto no Restaurante Alegria de Viver, por exemplo, e desfrutá-lo, à beira-mar. É mais garantido.

E desta maneira, pode usar e abusar dos pecados capitais, a exemplo da luxúria, deixando-se dominar pelas paixões; a preguiça, após comer à vontade; a vaidade, pelo orgulho de ter comido bem … e muito…. Quanto à inveja, deixe que os outros que não provarão possam ter por você. Com certeza, lhe darão razão no futuro.

Bookmark and Share

Mais de 600 ciclistas são esperados em Canavieiras para o 10º Ecobike

O maior evento ciclístico de Canavieiras e região

O maior evento ciclístico de Canavieiras e região

Canavieiras vai sediar – mais uma vez – no dia 1º de fevereiro próximo, o maior evento ciclístico da região Sul da Bahia: é o 10º Ecobike, uma realização da empresa Bike Shop, com o apoio da Prefeitura de Canavieiras, TV Santa Cruz, Costa Sul FM e diversos patrocinadores. O Ecobike é um passeio ciclístico anual com a finalidade de integrar os “amantes do pedal” numa grande festa, onde não faltam exercício físico, um bom churrasco e show musical.

Este ano – segundo informa o empresário Ériston Nascimento –, o 10º Ecobike vai percorrer 18,2 quilômetros, saindo de Canavieiras às 7 horas, com destino à Fazenda Santa Cruz, às margens do rio Salsa, no distrito de Ouricana. Durante o passeio serão feitas três paradas para contemplação da natureza e descanso, em locais especialmente escolhidos: nos quilômetros 7, 13 e na final do percurso, às margens do rio Salsa.

Explica Ériston Nascimento, que os ciclistas sairão de Canavieiras pela BA-001, entrando pela BA-274 (Rodovia Transouricana), passando por lugares históricos, a exemplo da Fazenda Cubículo, considerada o “berço da cacauicultura”. No caminho, as fazendas de cacau e pecuária, o verde da Mata Atlântica, os rios e as comunidades ao longo da estrada.

Como é tradicional, há toda uma infraestrutura para receber os ciclistas, com um buffet para servir os 600 participantes esperados, além de um lauto churrasco do Carolina. Na Fazenda Santa Cruz também será apresentado show musical com bandas regionais e será realizado, ainda, um sorteio de brindes, doados pelos patrocinadores.

Durante todo o percurso do 10º Ecobike os ciclistas são acompanhados pela Polícia Militar, Polícia Rodoviária Estadual, ambulância com uma equipe de paramédicos, minitrio com locutor e música. Na Fazenda Santa Cruz, os participantes podem desfrutar das belezas do campo e banho de rio, com a segurança dos salva-vidas.

Em sua 10ª edição, o Ecobike reúne ciclistas que utilizam a bicicleta no seu dia a dia para o transporte, trabalho ou esporte numa festa em um dos locais mais agradáveis de Canavieiras. O evento já está consagrado como uma das festividades constantes no calendário de eventos turísticos e esportivos da cidade.

O 10º Ecobike conta com o patrocínio de diversas empresas, a exemplo da Hidraluz, Compre Bem, Gabriel Supermercados, Gilcar, Alana Supermercados, Roni Autopeças, Loja do Real, Bradesco, Athletic Bike, CDL de Canavieiras, Farmárcias Betel, Bio Análise Laboratório, Posto Canes, Multiagro, Silver Bike, NK Modas; Pedal Bom, Lanchonete Aguiar, Distribuidora de Água Pingo D’água, Val Pedras, Tudo para o Lar, Boa Compra, Refrináutica, Butagás, Progresso Cacau, Ótica São Rafael, Auto Escola Santa Cecília, Polpa de Frutas Sabiá, dentre outros.

Bookmark and Share

Prêmio Galinha Pulando de Literatura publica livro de 2014

Capa do Prêmio Galinha Pulando

Capa do Prêmio Galinha Pulando

O Prêmio Galinha Pulando começou em 2005, patrocinado pelo seu organizador Valdeck Almeida de Jesus. Até 2009 cada poeta selecionado recebia um livro de graça. A partir daí, ficou muito caro para Valdeck bancar tudo sozinho. Agora em 2014 veio a ideia de pedir ajuda aos autores e a quem pudesse colaborar comprando antecipado exemplares da antologia poética. Quem participou tem direito a livros e brindes. O apoio principal foi dos escritores Luiz Menezes de Miranda, Janete Serralvo, Rosália Meires Silva, Jânia Maria Souza da Silva e Henrique César Costa Cabral que, através de uma campanha divulgada no site Kickante, contribuíram para tornar realidade mais uma edição do prêmio literário. Sem essa ajuda o sonho talvez não se concretizasse

Desde a primeira edição o concurso vem atraindo pessoas de todos os lugares: Brasil, Argentina, Espanha, Portugal, Estados Unidos, Moçambique, França, Inglaterra, China, Japão, Suécia, Suíça, Costa Rica, Romênia, Angola, Itália, Sérvia, Austrália, Canadá e Camarões. Já são mais de 1800 exemplares publicados com 1617 poetas de todas as idades, iniciantes e veteranos, que concorrem em pé de igualdade e têm seus nomes ventilados pelo mundo lusófono, fortalecendo os laços poéticos, culturais e linguísticos entre os países de língua portuguesa e valorizando a criação literária de todos.

Ganhadores da edição 2014:

1º Colocado – Menor abandonado (Aderson Ulrico de Oliveira)

2° Colocado – Eu, apenas um andarilho Galdy Galdino (Romildo Galdino dos Santos)

3º Colocado – Magnólias (André Ribeiro)

4º Colocado – Faxina no  céu (Antônio Sérgio de Sena Vaz)

5º Colocado – Vela Areinho (Diogo Cantante)

6º Colocado – Nossa Gramática (Heberton Batista)

7º Colocado – Paradoxo (Jorge Ricardo Dias)

8º Colocado – Meu olhar passarinho (Mateus Silva de Araújo)

9º Colocado – E ainda não sei andar de bicicleta (Osmar de Jesus Santos) 

10º Colocado – Uma calçada em Pequim (Nathan Sousa)

Convidados Especiais: Carol Xavier (Sarau da Onça) e Ndje Man Dieudonné François (República dos Camarões).

Confira aqui a lista completa de todos os participantes do livro:

+ LEIA MAIS »

Bookmark and Share

Em Canavieiras, São Sebastião recebe homenagens na sede e no interior

Levada do Mastro de São Sebastião - Foto -Walmir Rosário (317)Município com larga tradição na fé católica, Canavieiras tem em São Sebastião um dos santos mais admirados pelos fiéis. Essa forte devoção é constatada tanto na sede quanto no interior, com a realização de novenas no período de 11 a 20 de janeiro, que se transforma num dos primeiros festejos do calendário turístico religioso e profano.

O festejo de maior intensidade é o realizado na sede e tem início neste domingo (11), às 19h30min, no Cais do Porto (Sítio Histórico) com a Levada do Mastro de São Sebastião, ou “Puxada do Pau de Bastião”, como é conhecida popularmente, até a praça Armindo de Castro (praça da Capelinha) em frente à Igreja da Sagrada Família (Capelinha).

A festa deste ano, será animada pelas bandas Toâ-Tôa e Love Beat, em um trio elétrico estacionado na praça da Capelinha, assim que for realizado o hasteamento do mastro. Tradição de cerca de 150 anos, a festa movimenta milhares de pessoas e barracas de comidas e bebidas na praça da Capelinha, onde o mastro é fincado, após percorrer diversas ruas do centro da cidade.

Enquanto a parte profana da festa é realizada na praça da Capelinha, no período de 11 a 19 de janeiro a Paróquia de São Boaventura promove a novena em louvor a São Sebastião, numa igreja erigida em homenagem ao Santo, no bairro do mesmo nome (conhecido como Três Xis). Durante todas as noites a comunidade católica participa da novena, às 19 horas, encerrada no dia 20, com a celebração da Santa Missa e Procissão pelas ruas da cidade.

Atalaia – No bairro da Atalaia, São Sebastião também é homenageado pela comunidade, no período de 12 a 20 de janeiro (o início é um dia após ao da cidade). A partir das 9 horas de segunda-feira (12), na Igreja de Santo Antônio, a festa tem início com a realização da Celebração Eucarística da Palavra; seguida de um café da manhã às 10 horas, e logo após os homens saem para a mata, para escolher uma árvore para o mastro. À tarde, o mastro é ornamentado pelas mulheres da comunidade.

No mesmo dia, às 19 horas terá início a processão de São Sebastião, às 20 horas, quando é realizada a Puxada e o Hasteamento do Mastro e, às 21 horas, o Grupo Sambaê apresenta um show musical na quadra de esportes. Da terça-feira (13) até a próxima terça-feira (20), sempre às 19 horas, é oficiada a novena em louvor a São Sebastião. No último dia (20), após a novena, é retirado o mastro praça.

Estreito – No Povoado do Estreito, São Sebastião também é festejado no período de 11 a 20 janeiro, com uma novena que este ano tem como tema: “Sou discípulo Renovado de Cristo”, sempre às 19h30min. No dia 20, data da comemoração, será realizada uma alvorada com fogos às 5 horas; às 8h30min uma procissão percorre as ruas do povoado, é feita a elevação do mastro e celebrada uma Missa Solene. Às 16 horas é feita a descida do mastro e às 17 horas, é realizado um leilão com renda revertida para a Igreja de São Sebastião. Nos dias 16 e 17 será ministrado um curso de batismo.

Todo o trajeto da puxada do “Pau de Bastião” é seguido por moradores, turistas blocos, fanfarras de grupos de dança e capoeira. Na passagem, o Mastro de São Sebastião é reverenciado pelas pessoas, que fazem questão de pegá-lo e até fazer chá da casca, por acreditar ser miraculoso. Contam as pessoas mais idosas, que as folhas que ornamentam o mastro, caso sejam guardadas na carteira, é certeza de fartura financeira.

Como tudo começou – Explica o coordenador da Puxada do Mastro de São Sebastião há 57 anos, Trajano Barbosa, que a tradição começou há cerca de 150 anos, com uma história de uma família – pai, mãe e um casal de filhos – que veio morar em Canavieiras. Como não encontrou emprego nas roças de cacau, ele resolveu procurar uma área para morar, encontrando-a próximo onde hoje é o bairro da Birindiba.

Na nova casa, mãe e filho foram acometidos pela lepra, morrendo em seguida. Depois foi a vez do chefe da família, que também contraiu essa terrível doença, à época tida como sem cura. Numa noite, enquanto a filha esquentava água para o pai tomar banho teve uma visão. Ela via um homem todo perfurado por flechas, amarrado a uma árvore, que lhe dizia: “Tire as folhas da árvore e faça um chá para seu pai beber. Também coloque na água do banho que ele ficará bom”.

Imediatamente ele contou ao pai e como não sabia qual das três árvores em frente a casa – amescla, arueira e sete cascos – resolveu juntar as três e atender ao pedido. Isso era o dia 11 de janeiro e já no dia 20, o pai se levantou da cama e a terrível doença foi erradicada de Canavieiras, para surpresa da população.

Com saúde, ele arranjou trabalho numa fazenda vizinha e no dia 11 de janeiro seguinte pediu uma folga ao patrão para pagar a promessa. Entrou na mata, cortou um pau, ornamentou com folhas e arrastou pelas ruas da cidade, até as imediações da Capelinha, hasteando o pau. Nos anos seguintes, ele voltou a realizar a puxada, que se tornou tradição na cidade. Com o passar do tempo ele comprou a propriedade em que trabalhava e se tornou um próspero fazendeiro.

Bookmark and Share

NADA É TÃO RUIM QUE NÃO POSSA PIORAR

Ações judiciais que envolvam instituições religiosas poderão ter prioridade

Deputado Eduardo Cunha quer aumentar privilégios

DA AGÊNCIA CÂMARA

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 7747/14, que dá prioridade em todas as instâncias judiciais para ações que envolvam como parte ou como interessada instituição religiosa.

Pela proposta, do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a instituição (pessoa jurídica) interessada na obtenção do benefício, após comprovar sua condição, deverá requerê-lo à autoridade judiciária competente. De acordo com o texto, o juiz decidirá sobre o regime de tramitação prioritária e determinará ao cartório as providências a serem cumpridas.

Atualmente, o Código de Processo Civil (Lei 5.869/73) prevê tramitação prioritária apenas para procedimentos judiciais nas quais a parte ou o interessado seja pessoa com idade igual ou superior a 60 anos ou portadora de doença grave.

Segundo o deputado, os templos religiosos são vítimas de muitas ações judiciais e possuem demandas que levam anos para serem solucionadas. “Como o seu interesse é público e denota justiça social, é preciso atribuir preferência a essas associações nos processos judiciais em que atuem”, defende Cunha.

Tramitação
O projeto será arquivado pela Mesa Diretora no dia 31 de janeiro, por causa do fim dalegislatura. Porém, como o seu autor foi reeleito, ele poderá desarquivá-lo. Nesse caso, o texto precisará ser analisado, em caráter conclusivo, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

Bookmark and Share

Canavieiras promove a Puxada do Mastro de São Sebastião

Uma das festas religiosas com comemorações profanas de Canavieiras é a realizada em homenagem a São Sebastião. Os festejos – religiosos e profanos – têm início neste domingo (11), às 19h30min, no Cais do Porto (Sítio Histórico) com a Levada do Mastro de São Sebastião, ou “Puxada do Pau de Bastião”, como é conhecida popularmente, até a praça Armindo de Castro (praça da Capelinha) em frente à Igreja da Sagrada Família (Capelinha).

Segundo o prefeito de Canavieiras, Almir Melo, São Sebastião é um santo muito devotado em Canavieiras, e por isso os festejos fazem parte do calendário turístico da cidade. Nesta data, a cidade recebe turistas de várias cidades da região para homenagear um dos santos mais populares da Igreja Católica. “Além das homenagens religiosas promovidas pela Paróquia de São Boaventura, a população participa ativamente dos festejos profanos, cujo ponto alto é a Puxada do Mastro”, explica Almir Melo.

Este ano, vão animar a festa da “Puxada e hasteamento do Mastro”, as bandas Toâ-Tôa e Love Beat, em um trio elétrico estacionado na praça da Capelinha. As duas bandas cantam músicas de vasto repertório o que agrada o grande público de Canavieiras. A festa de São Sebastião é uma tradição de muitos anos e movimenta, todos os anos, milhares de pessoas e barracas de comidas e bebidas para a praça da Capelinha.

Destaca o coordenador da Puxada do Mastro de São Sebastião, Trajano Barbosa, que a árvore, uma jaqueira (Artocarpus heterophyllus), espécie alienígena, já foi escolhida e descascada na mata e será trazida no domingo (11) para a cidade. Na saída, o trajeto é feito pelas ruas General Pederneiras, Beco do Himério (Cavalcante), Praça do Cacau, Rua 13 (Octávio Mangabeira) até as imediações do Colégio Osmário Batista, seguindo pela Travessa Getúlio Vargas (Beco da Capelinha), chegando à Praça Armindo de Castro (Capelinha).

Todo o trajeto da puxada do “Pau de Bastião” é seguido por moradores, turistas blocos, fanfarras de grupos de dança e capoeira. Na passagem, o Mastro de São Sebastião é reverenciado pelas pessoas, que fazem questão de pegá-lo e até fazer chá da casca, por acreditar ser miraculoso. Contam as pessoas mais idosas, que as folhas que ornamentam o mastro, caso sejam guardadas na carteira, é certeza de fartura financeira.

Festa Religiosa – A religiosidade do povo canavieirense é bastante expressiva e no período de 11 a 19 de janeiro a Paróquia de São Boaventura realiza a novena de São Sebastião, na capela erigida em homenagem ao Santo, no bairro do mesmo nome (conhecido como Três Xis). Durante todas as noites a comunidade católica participa da novena, às 19 horas, encerrada no dia 20, com a celebração da Santa Missa e Procissão pelas ruas da cidade.

Bookmark and Share

Canavieirense da Seleção Brasileira de Vôlei visita o Prefeito Almir Melo

Prefeito Almir Melo, Gregore, vereador Jorge Garcia, Boinha Freire e Almir Júnior

Prefeito Almir Melo, Gregore, vereador Jorge Garcia, Boinha Freire e Almir Júnior

O prefeito de Canavieiras, Almir Melo, recebeu, segunda-feira (29), em seu gabinete, o atleta da Seleção Brasileira de Vôlei (Sub-20) e do Campinas Brasil Kirin, de Campinas, Gregore Oliveira. Acompanhado pelo professor de Educação Física e seu ex-técnico, Boaventura Freire, Gregore veio agradecer ao prefeito todo o apoio dado pela Prefeitura aos esportes, especialmente o voleibol.

Gregore Oliveira iniciou sua atuação no voleibol pela equipe do Clube Desportivo Canes (CDC). Em 2013 foi convocado para a Seleção Bahia de Voleibol Juvenil, pela qual disputou o Campeonato Brasileiro e “apareceu” para o cenário esportivo nacional. Em seguida, foi convocado para a Seleção Brasileira de Vôlei, com boas atuações.

Gregore é um atleta versátil e atua nas posições de “oposto” e de “ponteiro”, e vem se destacando no cenário do voleibol. Recentemente, deixou a categoria de base e passou para a profissional. Dentro de poucos meses também passará por outra mudança, pois completará 21 anos em abril próximo e deixará de ser convocado para a seleção sub-20, alçando novos voos em sua carreira.

O atleta canavieirense disse ao prefeito Almir Melo que atravessa uma grande fase e tem aproveitado as oportunidades surgidas durante sua carreira. “Não temos uma vida fácil, como pensam, e nos dedicamos integralmente à formação como atleta, com treinamentos constantes, na busca do aperfeiçoamento físico e técnico”, ressaltou Gregore.

Almir Melo dá livro sobre Canavieiras ao atleta

Almir Melo dá livro sobre Canavieiras ao atleta

Além das atividades esportivas – explica Gregore –, os clubes e as seleções têm investido bastante na formação da pessoa (atleta) como cidadão. Ele mesmo conta que além das atividades esportivas também está se dedicando aos estudos e cursa o terceiro ano de Direito numa universidade em Campinas. “O esporte exige muito, mas como é transitório, temos que nos preparar para dar continuidade em nossa vida profissional”, revelou.

O prefeito Almir Melo agradeceu a visita de Gregore Oliveira, lhe desejando muito sucesso na vida profissional e ressaltou que fica feliz em saber que o apoio dado ao esporte tem produzido resultados positivos como pelo de Gregore. Ele também ressaltou o trabalho empreendido por Boaventura Freire em prol do esporte em Canavieiras. Almir Melo presenteou Gregore com um exemplar do livro “Canavieiras – Terra Mater do Cacau”, de autoria dos professores Aurélio Schommer e Durval França Filho, editado pela Prefeitura e distribuído em todas as escolas do Município.

Bookmark and Share

Prefeito Almir Melo na posse de Rui Costa

Rui Costa e Almir Melo

Rui Costa e Almir Melo

Convidado oficialmente pela Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia para a Sessão Solene de Posse do Governador Rui Costa e o vice-governador João Leão, e pelo Cerimonial do Governo do Estado da Bahia, o prefeito Almir Melo confirmou sua presença nas duas cerimônias.

As cerimônias serão realizadas no Plenário do Palácio Luís Eduardo Magalhães, às 8 horas de quinta-feira (1º), quando haverá a posse no cargo de Governador e Vice-Governador. Em seguida, às 9h30min, está agendada a transmissão dos cargos, no prédio da governadoria.

De acordo com o prefeito de Canavieiras, Almir Melo, participar da troca de comando no maior cargo do Estado da Bahia é uma honra para ele, haja vista os compromissos assumidos e honrados pelo governador Jaques Wagner com Canavieiras.

Almir Melo também ressalta os compromissos do governador eleito, Rui Costa, para com o município, reafirmados após o período eleitoral. “Como foi Jaques Wagner, Rui Costa também será um parceiro de primeira hora na reconstrução de Canavieiras”, diz Almir.

Para o prefeito, num curto período de tempo Canavieiras recebeu um volume considerável de obras e serviços dos governos Federal e Estadual. “Neste pequeno tempo já começamos a ‘mudar a fisionomia’ da cidade, promovendo a melhoria da qualidade de vida de nossa população”, ressalta o prefeito Almir Melo.

Bookmark and Share

Projeto Verão anima fins de semana em Canavieiras

Filarmônica Lyra do Commercio

Filarmônica Lyra do Commercio

As mais diversas linguagens culturais, como música, dança, capoeira e outras manifestações populares, mais uma vez estão presentes no Projeto Verão, realizado no Sítio Histórico de Canavieiras nas noites de sexta-feira, sábado e domingo. O projeto teve início no dia 26 e será promovido por toda a estação do sol, sempre aos finais de semana.

No primeiro final de semana se apresentaram no palco do Calçadão da Felinto Melo: sexta-feira (26), o Grupo de Capoeira Adeptos de Zumbi, do Mestre Galego, a Filarmônica Lyra do Commercio, e o grupo Musical Sambaê. No sábado (27), foi a vez do Grupo de Dança Swing Ceob – Hagajoi, do professor Joaldo, finalizando com a voz e violão do músico Sílvio Márcio.

Sílvio Márcio foi uma das atrações

Sílvio Márcio foi uma das atrações

Para encerrar o final de semana, no domingo (28) – as atrações foram o Grupo de Capoeira Adeptos de Zumbi, do Mestre Galego, Grupo de Dança Swing Ceob – Hagajoi, do professor Joaldo, e fechando a noite a cantora Iara Silva. Segundo o prefeito Almir Melo, o Projeto Verão é uma promoção que apresenta atrações calcadas nas raízes socioculturais da cidade, especialmente no período do verão.

Coordenado pelas secretarias da Cultura e do Turismo e Esportes, a proposta do Projeto Verão é promover as artes, a cultura e os esportes de Canavieiras para a população e os turistas. Entre os objetivos estão a fomentação e ampliação da oferta de eventos culturais, artísticos, entretenimento, educacionais e esportivos, durante os meses de dezembro de 2014, janeiro e fevereiro de 2015.

Neste verão, o projeto será realizada no Sítio Histórico, com a apresentação de roda de capoeira, espetáculos folclóricos e show de música com bandas locais, contemplando, ainda, a Praia da Costa, na Ilha da Atalaia. Aí, serão realizados alguns eventos esportivos, a exemplo do Campeonato de Futevôlei Porto Sol Verão, na com a participação de várias duplas.

Bookmark and Share

São Paulo vence Campeonato Sub 17 de Canavieiras

Após o jogo, a confraternização e pose para a foto

Após o jogo, a confraternização e pose para a foto

A partida decisiva do Campeonato Sub 17 de Canavieiras foi disputada neste domingo (21), às 16 horas, entre as equipes do São Paulo e da Escolinha da Colônia de Una. Na disputa, o São Paulo levou a melhor e ganhou da Escolinha da Colônia pelo placar de 2 X 1, sagrando-se campeão.

A Campeonato foi organizado pela Secretaria de Turismo e Esportes e teve início no dia 7 de dezembro passado. Segundo o diretor de Esportes, José Bandeira, no Campeonato Mirim o São Paulo também se sagrou campeão ao vencer a equipe da Praça Maçônica com uma goleada de 4 x 0.

Na final do Campeonato Sub 17 o goleador foi o atleta Rafael, com dois gols, enquanto no certame Mirim Paulo foi o goleador com três gols. Informa José Bandeira, que a final do Campeonato foi realizada no Estádio Pedro Menezes, com a presença de um grande público.

O Campeonato Sub 17 de Canaveiras contou com a participação de seis equipes – sendo cinco da cidade: CDC Compre Bem, Praça Maçônica, Palmeiras, CDC Hidraluz e São Paulo, e uma convidada: a Escolinha da Colônia de Una. O próximo campeonato já está sendo organizado para o próximo ano.

Bookmark and Share

Canavieiras promove o Réveillon da Reconstrução

Réveillon Canavieiras 1 CartazA Prefeitura de Canavieiras promove, na noite de quarta-feira, 31 de dezembro próximo, a partir das 22 horas, a festa da virada de 2014/2015. O Réveillon da Reconstrução será realizado na Praia da Costa, na Ilha da Atalaia, com muita música e show pirotécnico.

Segundo anunciou o prefeito de Canavieiras, Almir Melo, a festa da virada será animada pelas bandas Tsunami, Selva Branca e Pra te Querer. Na passagem de ano está previsto um grande show pirotécnico com 15 minutos de duração, que proporcionará um brilho à festa e à confraternização das pessoas.

No Réveillon de Canavieiras estão sendo esperados milhares de turistas, que já providenciaram reservas nas pousadas e nas diversas casas alugadas para temporada, no centro e na Ilha da Atalaia. Toda a infraestrutura para os festejos da virada do ano já estão assegurados pela Prefeitura, que realizou pregão presencial para a contratação dos serviços.

Antes da virada do ano, outra grande festa promete alegrar moradores e turista. É o Pré-Réveillon promovido pela iniciativa privada no Sítio Histórico de Canavieiras. A Festa Top Canavieiras será realizada no dia 27 de dezembro, às 22 horas, com a animação de Alisinho, Gero Lima e Banda, Maria Bretheira e a participação especial de Som de Milionário.

Bookmark and Share
Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 ... 328 329 330 Próximas
Canavieiras pretende ampliar setor turístico
 
O resgate da atividade turística é uma das metas estabelecidas pelo prefeito Almir Melo para ter o turismo como uma das principais atividades econômicas. Trabalho com essa finalidade está sendo desenvolvido pelo secretário Fernando Volpi e que já produz resultados positivos.
 
LEIA MAIS
 
Livros de graça para todo o mundo. Basta apoiar o projeto
O Prêmio Galinha Pulando começou em 2005, patrocinado pelo seu organizador Valdeck Almeida de Jesus. Até 2009 cada poeta selecionado recebia um livro de graça. A partir daí, ficou muito caro para Valdeck bancar tudo sozinho. Agora em 2014 veio a ideia de pedir ajuda aos autores e a quem puder colaborar comprando antecipado exemplares da antologia poética.
 
LEIA MAIS
Alto Beco do Fuxico festeja seus 30 anos
 
Saudosismo, amizade, cachaça da boa, cerveja bem gelada, mocofato preparado por Danilo, música de todos os gêneros e para atender todos os gostos. Esse foi o combustível que moveu membros da Confraria do Alto Beco do Fuxico, os acadêmicos da Academia de Letras, Artes, Música, Birita, Inutilidades, Quimeras, Utopia e Etc. (Alambique), além de outros frequentadores do Alto Beco do Fuxico.
 
LEIA MAIS