CIA DA NOTÍCIA

Clínicas de Salvador voltam a atender pelo SUS

A partir desta quinta-feira (29), clínicas e hospitais particulares voltam a atender pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Salvador. O atendimento estava suspenso desde o dia 21 porque o município não repassa os pagamentos para as prestadoras desde janeiro.

As clínicas decidiram retomar o atendimento após a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta com o governo local, que se comprometeu a repassar os valores devidos dos últimos três meses. A parcela de janeiro será paga até 11 de abril. As demais, de fevereiro e março, até a metade do ano, segundo a Secretaria da Saúde de Salvador. A dívida pode superar R$ 10 milhões, conforme cálculo da associação dos hospitais baianos.

O atraso, segundo a secretaria, é devido a mudanças no sistema de pagamento da prefeitura, que impede repasses para instituições sem contratos formais. “Em 2006, por conta da municipalização dos serviços, a administração herdou automaticamente os contratos gerenciados pelo Estado, sem que fossem formalizados”, diz nota do órgão.

Na capital baiana, 193 clínicas e hospitais conveniados ao SUS oferecem exames e cirurgias de ortopedia, oftalmologia e fisioterapia, além de mamografias e raio X. Quase 20 mil pacientes são atendidos por dia.

Leave a Reply

Taxa do cheque especial aumenta em agosto
 
A taxa média do cheque especial nos bancos em agosto foi de 13,52% ao mês (a.m.), alta de 0,06 ponto percentual em relação ao mês anterior, segundo pesquisa do Procon de São Paulo. A maior alta foi encontrada no Banco do Brasil
 
LEIA MAIS
 
Artista canavieirense se inspira nas belezas naturais de sua terra
Aos 35 anos, quatro dos quais dedicados à arte, Thiago tem despertado a atenção de turistas e nativos pela simplicidade de seus trabalho, com traços e entalhes precisos, retratando animais do bioma Mata Atlântica.
 
LEIA MAIS
Alto Beco do Fuxico festeja seus 30 anos
 
Saudosismo, amizade, cachaça da boa, cerveja bem gelada, mocofato preparado por Danilo, música de todos os gêneros e para atender todos os gostos. Esse foi o combustível que moveu membros da Confraria do Alto Beco do Fuxico, os acadêmicos da Academia de Letras, Artes, Música, Birita, Inutilidades, Quimeras, Utopia e Etc. (Alambique), além de outros frequentadores do Alto Beco do Fuxico.
 
LEIA MAIS