CIA DA NOTÍCIA

MP e Prefeitura lançam jornal voltado para preservação ambiental

Depois do resultado positivo do Jornal Eco Kids, lançado nas escolas das redes públicas e particulares, Ilhéus passa a contar agora com o impresso Ecoteens, que tem o objetivo de conscientizar a população e crianças do ensino fundamental de escolas públicas e particulares sobre a importância da preservação do meio ambiente. A iniciativa é do Ministério Público do Estado da Bahia, com o apoio da Prefeitura de Ilhéus, através da Secretaria de Educação, Conselho de Defesa do Meio Ambiente de Ilhéus (Condema), Ceapa e Conselho Municipal do Fundeb.

O lançamento da primeira edição do jornal Ecoteens foi realizado na tarde de terça-feira (5), no Colégio Nossa Senhora da Vitória, durante as comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente. Com oito páginas coloridas, todo feito pelos alunos do ensino fundamental do Colégio Vitória, o jornal traz informações sobre ecologia, biodiversidade, alimentação, problemas ambientais e a necessidade de preservação da natureza. Todo o trabalho, orientado pela equipe de professores da escola, foi realizado com aulas práticas e teóricas, onde os alunos tiveram a oportunidade de conhecer em campo sobre os conhecimentos adquiridos em sala de aula e puderam observar a necessidade da preservação do meio ambiente. O jornal também conta com ilustrações feitas pelos próprios alunos.

A promotora pública Karina Cherubini informou que o Jornal Ecoteens foi gerado como uma necessidade de envolver cada vez mais os estudantes nas questões ambientais. E a escolha do Colégio Vitória foi feita diante do trabalho na área de meio ambiente que já vem realizado naquela unidade escolar. A promotora garantiu que o projeto será levado para as escolas públicas e particulares e a próxima edição vai ser feita envolvendo os alunos do Instituto Municipal de Ensino (IME) Eusínio Lavigne. A diretora-geral do Colégio Vitória, Ana Carolina Melo, falou da alegria pela escolha da escola para iniciar esse projeto e garantiu que o trabalho possibilitou um grande crescimento educacional e cidadão para os estudantes.

Representando o prefeito Newton Lima, o chefe de gabinete da Prefeitura de Ilhéus, José Nazal, falou da responsabilidade de cada um com o meio ambiente e dos resultados positivos do jornal Eco Kids, que está em sua décima edição. Ele acredita que o Ecoteens também será sucesso e terá o papel de envolver os alunos do ensino fundamental nas questões ecológicas. Para ele, os estudantes têm um papel importante na preservação do meio ambiente. Representando a Câmara Municipal, a vereadora Professora Carmelita destacou o papel cidadão do projeto, transformando os estudantes em agentes de proteção da natureza, garantindo assim a preservação do planeta. Segundo ela, iniciativas como essas devem ser incentivadas e estimuladas, envolvendo cada vez mais pessoas comprometidas com o projeto de preservação.

Tendo como tema central a natureza e a sustentabilidade, o trabalho dos alunos foi desenvolvido com visitas em reservas ecológicas e locais de áreas degradadas, para que os estudantes pudessem ter contato com o meio ambiente e perceber a sua importância no trabalho de preservação. Durante o lançamento do jornal Ecoteens também foram apresentados vídeos com depoimentos dos alunos sobre a importância da preservação e declamadas poesias realçando a responsabilidade de cada para garantir a vida do planeta.

Leave a Reply

Taxa do cheque especial aumenta em agosto
 
A taxa média do cheque especial nos bancos em agosto foi de 13,52% ao mês (a.m.), alta de 0,06 ponto percentual em relação ao mês anterior, segundo pesquisa do Procon de São Paulo. A maior alta foi encontrada no Banco do Brasil
 
LEIA MAIS
 
Artista canavieirense se inspira nas belezas naturais de sua terra
Aos 35 anos, quatro dos quais dedicados à arte, Thiago tem despertado a atenção de turistas e nativos pela simplicidade de seus trabalho, com traços e entalhes precisos, retratando animais do bioma Mata Atlântica.
 
LEIA MAIS
Alto Beco do Fuxico festeja seus 30 anos
 
Saudosismo, amizade, cachaça da boa, cerveja bem gelada, mocofato preparado por Danilo, música de todos os gêneros e para atender todos os gostos. Esse foi o combustível que moveu membros da Confraria do Alto Beco do Fuxico, os acadêmicos da Academia de Letras, Artes, Música, Birita, Inutilidades, Quimeras, Utopia e Etc. (Alambique), além de outros frequentadores do Alto Beco do Fuxico.
 
LEIA MAIS