CIA DA NOTÍCIA

Posts Tagged ‘Aildo Fonseca’

Municípios defendem Porto Sul

Representantes dos municípios do Sul da Bahia das áreas de influências diretas e indiretas do Complexo Intermodal Porto Sul se reuniram nesta segunda-feira (26), na Prefeitura de Ilhéus, para discutir sobre os detalhes do ato de protesto que acontecerá no próximo dia 20 de abril contra a decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) que determinou ao Ibama que realize audiências públicas em Itacaré e Uruçuca. No encontro foram criadas comissões que cuidarão da organização e mobilização da comunidade para o ato público, na tentativa de mostrar ao TRT que a audiência pública realizada pelo Ibama no dia 29 de outubro do ano passado, no Centro de Convenções de Ilhéus, foi participativa e esclarecedora, não havendo assim a necessidade de uma nova reunião para discutir sobre os impactos ambientais gerados pelo Porto Sul.

Durante o encontro, foram criadas comissões que cuidarão dos detalhes do movimento. Um grupo ficará encarregado de mobilizar as prefeituras, câmaras de vereadores e clubes de serviços dos municípios. Outra equipe ficará incumbida de organizar a estrutura, roteiro, percurso e participação das lideranças políticas regionais, estaduais e nacionais no ato de protesto. A idéia é de realizar um grande movimento em defesa do Porto Sul, com a participação de políticos, empresários, trabalhadores, estudantes e a comunidade regional de um modo geral. Os participantes serão divididos em caravanas dos municípios, como forma de mostrar que as cidades das áreas que terão influências diretas e indiretas do Porto Sul estão engajadas na luta pela implantação definitiva com Complexo Intermodal.

A coordenação do novo movimento em defesa do Porto Sul é da Prefeitura de Ilhéus contando com o apoio do Comitê de Entidades Sociais em Defesa de Ilhéus e Região (Coeso), além de entidades, sindicatos, associações e clubes de serviços dos municípios do Sul da Bahia. A idéia de se realizar o manifesto surgiu após a decisão do TRF-1 de determinar a realização de mais duas audiências, o que, na avaliação dos mais diversos segmentos regionais, nada mais é que uma tentativa de atrasar o início das obras do Porto Sul. A decisão saiu após análise de pedido de antecipação de tutela apresentado ao TRF pelo Ministério Público Federal. O primeiro entendimento era que uma audiência de amplitude regional, realizada em Ilhéus no ano passado, fosse suficiente. Mas procuradores federais discordaram, entrando com ação para que audiências ocorressem também em Uruçuca e Itacaré.

Read the rest of this entry »

Movimento em defesa do Porto Sul será realizado no dia 20 de abril

A formas de mobilização foram decididas durante a reunião

Os municípios do Sul da Bahia das áreas de influências diretas e indiretas do Porto Sul estarão realizando no próximo dia 21 de abril, em Ilhéus, um manifesto em defesa da implantação do Complexo Intermodal e contra a decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) que determinou ao Ibama que realize audiências públicas em Itacaré e Uruçuca para discutir sobre os impactos ambientais do empreendimento. A proposta será mostrar que a sociedade regional não vê necessidade de novas audiências públicas, já que o encontro realizado pelo Ibama no dia 29 de outubro do ano passado, no Centro de Convenções de Ilhéus, reuniu 3.778 pessoas e foi a segunda maior audiência pública realizada pelo Ibama para discutir sobre os impactos ambientais.

A ideia de se realizar o manifesto surgiu após a decisão do TRF-1 de determinar a realização de mais duas audiências, o que, na avaliação dos mais diversos segmentos regionais, nada mais é que uma tentativa de atrasar o início das obras do Porto Sul. A decisão saiu após análise de pedido de antecipação de tutela apresentado ao TRF pelo Ministério Público Federal. O primeiro entendimento era que uma audiência de amplitude regional, realizada em Ilhéus no ano passado, fosse suficiente. Mas procuradores federais discordaram, entrando com ação para que audiências ocorressem também em Uruçuca e Itacaré.

Diante dos prejuízos que essas novas audiências trarão para a região, representantes dos mais diversos municípios do Sul da Bahia se reuniram esta semana no Salão Nobre do Palácio Paranaguá, em Ilhéus, para discutir a realização do manifesto. Nesse encontro ficou definido que serão adotadas três principais linhas de ação. A primeira foi de se criar uma comissão formada por prefeito e lideranças políticas de diversos municípios regionais para visitar o Ministério Público Federal na tentativa de mostrar que a audiência pública realizada em outubro do ano passado contou com a representatividade de todas as cidades das áreas de influências diretas e indiretas do Porto Sul.

Read the rest of this entry »

Aritaguá é agora a “terra dos defumados”

De peixe à feijoada em Aritaguá: tudo com defumados

Foi um domingo especial para a comunidade de Aritaguá, situada a seis quilômetros da zona urbana ilheense. O Festival de Defumados, realizado no dia 18/03, fechou com chave de ouro o projeto iniciado em 2010 com o objetivo de incentivar os moradores a descobrir uma nova fonte de renda para suas famílias. As pessoas que lotaram a praça do povoado, vindas de vários municípios do sul da Bahia, conferiram de perto o sucesso do grupo produtivo local.

O Festival de Defumados, assim como o curso de manipulação de alimentos realizado na comunidade, foi uma iniciativa do Projeto Transformar, realizado pela Bahia Mineração (Bamin), em parceria com o Instituto Aliança.

O diretor de Logística da Bamin, Aildo Fonseca, afirmou que eventos como esse demonstram que o apoio da empresa às comunidades situadas na área de influência de seu projeto é algo concreto e fruto de um compromisso social efetivo. “É nosso desejo fazer com que as pessoas de Aritaguá e de outras localidades tenham de fato condições reais para transformar seu potencial produtivo em instrumento de geração de renda”, declarou.

A capacitação abriu novas expectativas para moradores de Aritaguá, como Dona Maria Eunice dos Santos, 49, que veio de Sergipe quando tinha apenas cinco anos de idade e se fixou no povoado ilheense. “A gente vivia somente da pesca e da venda de frutas como cajá e jenipapo, mas agora temos também os defumados e essa produção está sendo cada vez mais importante para nossas famílias”, disse Dona Maria Eunice. Ela também elogiou a estrutura e organização do evento, que alterou positivamente a rotina da comunidade. “Nunca aconteceu uma programação dessa em Aritaguá”, comemorou a moradora.

O festival foi realizado paralelamente à Cavalgada de Aritaguá, que reuniu cerca de cem cavaleiros e amazonas. A montaria partiu do bairro do Iguape em direção à “terra dos defumados”, como Aritaguá passou a ser chamada. No destino, o grupo saboreou vários tipos de carne, além de peixe, aves e uma feijoada especial produzida com defumados.

Em parceria com a Bamin, Uesc realiza pesquisa mercadológica

Pesquisadores entrevistam empreendedores

Cada comunidade esconde um talento, um potencial e a capacidade de transformar cultura em fonte de renda. É com essa certeza que o Diagnóstico Mercadológico Participativo (DMP) trabalha para identificar os chamados “saberes e fazeres” em 15 localidades na zona norte de Ilhéus, região que está para receber o Porto Sul, um projeto de logística conectado à Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), que ativará novos vetores de desenvolvimento no interior baiano.

O DMP é feito pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), por iniciativa da Bahia Mineração (Bamin), que há cerca de três anos investe em ações de Responsabilidade Social Empresarial nas regiões de Ilhéus e Caetité. Nesse período, a empresa vem desenvolvendo o Projeto Transformar, que já qualificou centenas de jovens para o mercado de trabalho, com cursos de Instalador Polivalente, Auxiliar Multifuncional, Manutenção de Máquinas Industriais e Manutenção e Montagem de Microcomputadores. O projeto também incentivou a criação e desenvolvimento de grupos produtivos como o Doces Retiro (Retiro), o Arte e Vida (Ponta da Tulha), o Vitória Mar (São Miguel) e o Vila das Frutas (Vila Olímpio). O objetivo do diagnóstico que está sendo realizado pela Uesc é expandir o projeto para outras comunidades do entorno do futuro empreendimento.

A parceria da Bamin com a Uesc, uma das mais respeitadas instituições de ensino superior da Bahia, com 40 anos de existência, chega para intensificar a ação social da empresa nas comunidades. Com a universidade, a Bamin já realiza o Inventário Turístico de Ilhéus e Itacaré, com análise dos indicadores de sustentabilidade do setor nos dois municípios e também em Uruçuca. Agora, promove o Diagnóstico Mercadológico Participativo, com o objetivo de identificar potenciais em cada localidade e verificar a melhor forma de trabalhar com eles. “É importante conhecer a realidade de cada uma dessas comunidades, que estarão próximas ao nosso empreendimento e esse diagnóstico nos dará uma visão mais detalhada do potencial dessas localidades”, explicou o Diretor de Logística da Bamin, Aildo Fonseca.

Read the rest of this entry »

Vila Juerana se especializa em comida de boteco

A nova atividade econômica foi aprovada

O 2º Festival de Comida de Boteco da Vila Juerana, que teve sua segunda edição realizada no sábado (4), mostrou ser um evento já identificado com a comunidade do litoral norte ilheense. Centenas de pessoas, de Ilhéus e outras cidades do sul da Bahia, participaram do festival, no qual foi servido o melhor da culinária da região e incentivada a cultura do empreendedorismo.

O Festival de Comida de Boteco é fruto de uma semente que foi plantada no ano de 2010 pelo Projeto Transformar, desenvolvido em parceria entre o Instituto Aliança e a Bahia Mineração (Bamin). A intenção era identificar um negócio que pudesse ser tocado pelos próprios moradores, permitindo-lhes um meio de aumentar sua renda. Na primeira edição, 31 pessoas da comunidade participaram de um curso de gastronomia, do qual nasceu uma competição para a escolha do melhor prato.

São esses mesmos moradores que continuam acreditando em seu próprio trabalho e na capacidade de produzir e crescer. Neste sábado, distribuídos em 11 barracas padronizadas, os participantes apresentaram um rol de iguarias, como frutos do mar, casquinha de siri e aratu, caldos, tapioca recheada e sarapatel, numa mistura de sabores que agradou o público.

“Todos estão muito animados, o festival foi um sucesso e, a partir de agora, se torna uma marca da Vila Juerana”, comemorava ao final do evento a comerciante Anita Alves de Souza, uma das participantes. Entre os responsáveis pela preparação dos quitutes, a satisfação por ter conseguido em um dia mais do que em um mês inteiro de trabalho.

Read the rest of this entry »

Programa qualifica trabalhadores

Cerca de 900 trabalhadores já foram capacitados

Mais 102 trabalhadores encerraram na última quinta-feira, (12), os cursos de qualificação nas áreas de carpintaria e auxiliar civil, dentro do programa Mina de Talentos, uma iniciativa da Bahia Mineração (Bamin) em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e o Sistema Nacional de Emprego (Sine). A última etapa do programa atendeu principalmente moradores de áreas próximas de onde será construído o Terminal de Uso Privativo (TUP), na zona norte de Ilhéus, pelo qual a Bamin escoará sua produção de minério de ferro.

Se levados em consideração os treinamentos feitos pelos centros de formação das regiões de Ilhéus e Caetité, 868 trabalhadores já foram preparados pelo Projeto Mina de Talentos. O objetivo do programa não se restringe apenas a capacitar pessoas para atuar na mineradora, mas também para prepará-las para o mercado de trabalho nas respectivas áreas. Para esta etapa em Ilhéus, foram oferecidas 240 vagas (as primeiras turmas receberam certificado em dezembro) e as aulas aconteceram no Centro Estadual de Ensino Profissional, na Escola Municipal de Sambaituba e no espaço C5, no bairro do Iguape.

Durante a entrega dos certificados a analista de Recursos Humanos da Bamin, Priscila Galvão, observou que a finalidade do Mina de Talentos vai além da perspectiva de atender ao empreendimento Bamin: “O programa também visa trazer às pessoas o sentimento de que têm uma profissão e a oportunidade de concorrer de maneira justa pelo acesso ao trabalho”.

Read the rest of this entry »

Taxa do cheque especial aumenta em agosto
 
A taxa média do cheque especial nos bancos em agosto foi de 13,52% ao mês (a.m.), alta de 0,06 ponto percentual em relação ao mês anterior, segundo pesquisa do Procon de São Paulo. A maior alta foi encontrada no Banco do Brasil
 
LEIA MAIS
 
Artista canavieirense se inspira nas belezas naturais de sua terra
Aos 35 anos, quatro dos quais dedicados à arte, Thiago tem despertado a atenção de turistas e nativos pela simplicidade de seus trabalho, com traços e entalhes precisos, retratando animais do bioma Mata Atlântica.
 
LEIA MAIS
Alto Beco do Fuxico festeja seus 30 anos
 
Saudosismo, amizade, cachaça da boa, cerveja bem gelada, mocofato preparado por Danilo, música de todos os gêneros e para atender todos os gostos. Esse foi o combustível que moveu membros da Confraria do Alto Beco do Fuxico, os acadêmicos da Academia de Letras, Artes, Música, Birita, Inutilidades, Quimeras, Utopia e Etc. (Alambique), além de outros frequentadores do Alto Beco do Fuxico.
 
LEIA MAIS