CIA DA NOTÍCIA

Posts Tagged ‘bairro Teotônio Vilela’

SOBRE O TRANSPORTE COLETIVO EM ILHÉUS – R$ 2,00 JÁ É CARO DEMAIS

Julio Cezar de Oliveira Gomes

Toda a cidade acompanha com expectativa o desenrolar do movimento Reúne Ilhéus e do acampamento Wagner Bastos, que há cerca de 36 dias ocupou a rua e praça em frente ao Palácio Paranaguá, sede do Poder Executivo em Ilhéus, há poucos metros da Câmara de Vereadores, sede do Poder Legislativo.

A luta social da juventude e demais setores ali acampados – trabalhadores, sindicatos, estudantes, artistas, órgão de representação social – se concentra na redução da passagem de ônibus urbano para R$ 2,00. Não obstante, o prefeito da cidade, obstinadamente, nega-se a discutir o assunto.

É preciso analisar com muita atenção – e com números – o que ocorre com o preço da passagem urbana em Ilhéus. Vejamos:

Para irmos de um ponto a outro da cidade pagamos R$ 2,40. Sabemos que a imensa maioria das passagens destina-se ao uso no perímetro urbano, onde há mais linhas, mais ônibus, onde as distâncias são bem menores e a qualidade da pista é infinitamente melhor do que na área rural.

Assim, por exemplo, para irmos e voltarmos do Centro ao bairro Teotônio Vilela, que é um dos mais afastados do Centro, gastaremos R$ 4,80. Neste percurso, ida e volta, percorreremos apenas 12 km. Sabe quanto custa para fazer o mesmo trajeto de automóvel?

A gasolina em Ilhéus custa R$ 2,99. Os carros fazem, em média, no perímetro urbano, 12 km por litro. Ou seja, para ir sozinho, no próprio carro, uma pessoa de maior renda – que tem veículo próprio – desembolsará R$ 2,99 enquanto que uma pessoa mais pobre pagará R$ 4,80 para fazer o mesmo trajeto, isto após andar a pé a distância até o ponto e esperar o ônibus, às vezes por 20 ou 40 minutos.

Entretanto, cumpre lembrar que a maioria das pessoas faz trajetos bem mais curtos do que o citado acima. São pequenas viagens como Conquista – Centro, Pontal – Centro, avenida Esperança – Centro, Malhado – Centro, Malhado – Iguape, todos trajetos de 3 a 5 km de percurso de ida que, para serem percorridos em ida e volta, custarão R$ 4,80 para as pessoas que não têm carro, quer dizer, para os mais pobres.

Há diversos outros fatores a serem considerados: neste ano o Governo Federal desonerou o PIS/COFINS cobrados às empresas de transporte coletivo urbano, ao aprovar a Medida Provisória nº 617, de 31/05/2013, reduzindo o imposto de 3,65% para zero, de forma a possibilitar a redução imediata do preço das tarifas.

Se fosse aplicada ao preço das passagens em Ilhéus, esta isenção do PIS/COFINS provocaria uma redução de R$ 2,40 para R$ 2,31. Como isto não ocorreu, o benefício causado pela desoneração fiscal ficou todo no bolso dos empresários do setor, cujo lucro aumentou.

Em Ilhéus também prevalece o odioso instituto da função dupla de motorista cobrador de passagens, que atrasa a viagem, estressa ao trabalhador e prejudica a segurança de todos, além de causar desemprego. Só quem lucra, novamente, são os donos das frotas de ônibus coletivos.

Finalmente, devemos considerar que em um ramo de atividade econômica no qual não se paga com cheque, nem com cartão de débito, nem com uso de qualquer espécie de crédito, parte considerável do lucro ainda vem de passagens pré-pagas, como ocorre com aquelas bancadas pelos pais dos estudantes e pelos patrões, que creditam hoje – em dinheiro vivo – a passagem escolar ou o vale transporte que o usuário utilizará daqui até o fim do mês.

É por esse motivo que tantos outros municípios, incluindo grandes capitais, puderam reduzir o preço da tarifa de ônibus urbano, e ninguém faliu, reclamou ou foi ficou desempregado por conta disso.

Por tudo isso, podemos afirmar sem medo: mesmo R$ 2,00 já é caro demais. Redução do preço da passagem de ônibus já!

Advogado, graduado em Direito; e Professor, graduado em História, ambos pela Uesc – Universidade Estadual de Santa Cruz

Servidores em greve farão caminhada no Teotônio Vilela nesta segunda-feira

Com a proposta de conscientizar pais, alunos e a comunidade em geral sobre os prejuízos da greve e a necessidade do prefeito Jabes Ribeiro fechar o acordo com os trabalhadores para acabar com a paralisação, os servidores públicos municipais estarão realizando uma caminhada na manhã desta segunda-feira (12), no bairro Teotônio Vilela. A concentração será às 8 horas da manhã, em frente ao posto de saúde 24 horas, saindo em caminhada pelas ruas do bairro. Durante o ato público os servidores estarão mostrando à comunidade que o prefeito se nega a conceder aos trabalhadores a reposição de 5,84%, como manda a Constituição Federal e a Lei de Responsabilidade Fiscal, mas deu um reajuste de até 360% para os cargos comissionados que ele nomeou.

Os trabalhadores alegam ainda que a demora do prefeito Jabes Ribeiro em fechar o acordo com os servidores públicos municipais, se negando a conceder a reposição salarial como manda a lei, já está prejudicando toda a cidade, principalmente os mais carentes, que poderão perder o Bolsa Família, pois a falta de frequência nas escolas e o atendimento regular nos postos acabam excluindo as crianças do Programa do Governo Federal. Os servidores também alegam que o governo municipal tem tentado jogar a comunidade contra os trabalhadores, daí a necessidade de se realizar esses movimentos e encontros nos bairros para mostrar a verdade ao povo de Ilhéus.

Ainda na tarde de segunda-feira (12), os trabalhadores estarão se reunindo com pais de alunos para mostrar os prejuízos que a demora no acordo vem trazendo para os estudantes. O encontro será às 15 horas, na Câmara de Vereadores. Na terça-feira o ato público será a partir das 8 horas da manhã, em frente ao Palácio Paranaguá. Já na quarta-feira (14) está previsto uma reunião com a sociedade civil organizada, às 9 horas da manhã, na Câmara de Vereadores, para mostrar os verdadeiros números da folha de pagamento e mostrar que a reposição salarial dos trabalhadores está prevista na Constituição Federal e respaldada na Lei de Responsabilidade Fiscal. Ainda na quarta-feira, a partir das 17 horas, será realizada um happy hour em frente ao Palácio Paranaguá, com a participação de músicos locais, em apoio à greve dos trabalhadores.

Ilhéus será representada no Campeonato Brasileiro de Tae Kwon Do

Três atletas estarão representando o município de Ilhéus no Campeonato Brasileiro de Tae Kwon Do, que será realizado neste final de semana (7 e 8), na cidade de Goiânia, nas categorias infantil, juvenil e sub 21. Os faixas pretas Guilherme Sampaio, Ruan Andrade e Orlando Júnior, que residem no Teotônio Vilela e são oriundos de projeto social da Associação Leandro Ferreira, integram a delegação da seleção baiana.

Segundo Leandro Ferreira dos Santos, 1ª Dan e presidente da Associação, com o objetivo de concluir a preparação, os atletas estão treinando, desde a última segunda-feira (2), na academia olímpica de Brasília, coordenada pelo mestre Jorge Gonçalves. “Esta academia é uma das principais referências do país na modalidade, tendo,    inclusive, vários atletas na Seleção Brasileira de Tae Kwon Do”, informa o dirigente.

Explica Leandro Ferreira dos Santos, que através da performance desses jovens, a cidade de Ilhéus marca, mais uma vez, seu nome no cenário nacional de uma modalidade olímpica. “Nossa equipe, que possui atualmente 400 iniciantes, ficará aqui torcendo pelo sucesso deles, realidade que, sem dúvida alguma, também será a nossa vitória. Além disso, um bom desempenho poderá representar a abertura de novas portas para os demais que sonham um futuro melhor através da prática do esporte”, completa.

São João do Vilela foi um “arrasta-pé só”

A população participou ativamente do forró

Cerca de três mil pessoas prestigiaram a abertura do “São João nos Bairros” em Ilhéus, ocorrida neste último domingo (6), no Teotônio Vilela, zona oeste da cidade. Desenvolvido pela TV Santa Cruz, em parceria com a Prefeitura Municipal, o projeto tem a finalidade de fortalecer as grandes festas populares, contribuindo para o enriquecimento do calendário festivo do município. Este ano, o “São João nos Bairros” está homenageando duas personalidades da vida cultural brasileira, através do tema “Aqui Jorge Amado conta e Luiz Gonzaga canta – 100 anos de cantos e contos”.

Desde as primeiras horas da noite, a avenida Governador Paulo Souto foi inteiramente tomada pelo público, que teve a oportunidade de saborear o tradicional e irresistível forró pé de serra ao som das bandas “Nélio e Jovita” e “Capricho do Forró”. Além de palco e banheiros químicos, o “São João nos Bairros” foi enriquecido pela realização de diversas brincadeiras, montagens teatrais, quadrilha junina, concurso da rainha do milho e barracas de comidas e bebidas típicas. Prestigiada por crianças, adolescentes, adultos e idosos, a festa contou com o apoio das polícias Militar e Civil, da Guarda Civil Municipal e dos agentes de trânsito da Prefeitura de Ilhéus.

INIMIGOS DE ILHÉUS E REGIÃO

Hans Schaeppi

Ambientalistas, verdadeiros ou falsos; remunerados ou não por ONGs nacionais e internacionais, são os novos ou eternos inimigos de Ilhéus e de toda uma região que sofre há 23 anos as conseqüências da crise da “vassoura”. Eles preferem que a miséria continue, com os pobres e desempregados invadindo os manguezais da Rodoviária, da Ilhéus-Itacaré, e avançando no que resta no bairro Teotônio Vilela; a dar-lhes uma melhor opção de vida, trabalhando numa região com perspectivas de crescimento. Preferem que as cidades continuem a ser taxadas como “lixolândia” ou “buracolândia, por não terem as Prefeituras sequer, as verbas necessárias para resolver simplesmente o “dever de casa”. São inimigos de Ilhéus e de toda a Região Cacaueira, e contra o próprio Estado da Bahia, quando lutam contra o Porto Sul e demais equipamentos do Projeto Intermodal. São inimigos da Região, quando querem evitar que seus municípios cresçam, enquanto são ultrapassados por outros que sequer têm infraestrutura e potencial igual ao nosso.

A maioria dos “ambientalistas” não luta por uma causa justa, mas contra tudo o que representa o crescimento e a oportunidade de emprego para milhares de pobres da sofrida Região. Não aceitam, nem parece tomar conhecimento das compensações ecológicas e ambientais apresentadas pelos órgãos competentes, como o Ibama. Acabaram de conseguir mais um atraso para o início das obras do Porto Sul, com a exigência de novas audiências públicas, tentando mais uma vez reverter o irreversível. O fato que ocorreu na Audiência Pública realizada em Ilhéus, quando cerca de 80% dos presentes se manifestaram a favor do Porto Sul, irá se repetir com certeza, nas próximas audiências, talvez até, em percentual superior, mostrando realmente o que a maioria do povo deseja, ou seja: um futuro melhor para a região.

Prefeito entrega 80 casas no Teotônio Vilela

A alegria de possuir uma casa é ressaltada pelos moradores

O prefeito de Ilhéus, Newton Lima, entregou na manhã desta terça-feira (3), 80 casas no bairro Teotônio Vilela, construídas através Programa Habitar Brasil BID (HBB), beneficiando famílias carentes que viviam em barracos construídos nos mangues e nas encostas. Além das casas, o prefeito também entregou para os moradores um centro comunitário equipado com auditório, cantina, área para cursos e banheiros masculinos e femininos adaptados para deficientes físicos e também as obras de pavimentação, drenagem, escadarias e contenção de encostas das ruas São João, São José e viela São João.

Durante a solenidade de entrega das casas, Newton Lima enfatizou que se trata de um momento histórico para a cidade porque sabe da luta que foi conseguir esses investimentos para Ilhéus. Segundo ele, apesar de ser um projeto antigo, era necessária a vontade de um gestor com compromisso e zelo com a cidade para dar continuidade um benefício tão importante quanto esse, de garantir moradia mais digna e melhores condições de vida para as comunidades carentes. “É por isso que acreditamos nesse projeto e hoje estamos realizando o sonho dessas famílias”, ressaltou o prefeito. Newton Lima adiantou, ainda, que o município está buscando novas parcerias e na próxima segunda-feira (9) estará em Brasília junto aos ministérios das Cidades e Integração Nacional, na tentativa de conseguir para a Ilhéus uma série de obras, totalizando um montante na ordem de R$ 36 milhões em melhorias para a cidade.

A vereadora Professora Carmelita também falou sobre a importância da entrega das casas para os moradores, um sonho que vinha sendo aguardado pela comunidade por mais de 10 anos. “Não se trata apenas de uma entrega de casas, mas sim da realização de sonhos. Não há satisfação maior para um pai ou uma mãe do que chegar em sua casa própria”, disse ela. A vereadora também falou que essas obras só se tornaram realidade graças a parceria firmada entre os governos municipal, estadual e federal, que tem demonstrado compromissos com a cidade. Já o vereador Gilberto Souza, mais conhecido como Bel do Vilela, falou dos investimentos que a Prefeitura de Ilhéus vem realizando no Teotônio Vilela, transformando a vida dos moradores do bairro. “O prefeito Newton Lima encontrou o Teotônio Vilela doente, sem ter nem mesmo uma praça para o lazer dos moradores e conseguiu trazer projetos importantes e uma série de obras, organizando esse bairro e dando mais dignidade ao nosso povo”, disse ele.

Read the rest of this entry »

Moradores dizem que agora terão dignidade e mais qualidade de vida

Cosmira diz que não vê a hora de mudar para a casa nova

Implantado com o objetivo de resgatar a dignidade dos moradores de barracos em favelas de Ilhéus, o Condomínio Bosque Verde, construído no bairro Teotônio Vilela, na zona Oeste da cidade, vai mudar a vida de 272 famílias. A obra utiliza recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II) e faz parte do Programa de Prioridade de Investimento, através da intervenção em favelas.

As novas casas do Condomínio Fechado Bosque Verde vão garantir mais dignidade e uma melhor qualidade de vida para os moradores que antes viviam em barracos improvisados com restos de madeira e papelão, construídos nos mangues das ruas do Mosquito e Floresta Bambuzal. Pelo menos é essa a expectativa dos moradores que há muitos anos aguardam a realização do sonho de ter uma casa própria.

Moradora da rua do Mosquito há mais de 14 anos, a dona de casa Maria José Silva dos Santos, de 58 anos, diz que está muito feliz com a possibilidade de viver em uma residência mais digna. Ela mora atualmente em um barraco sem banheiro e de apenas um cômodo, dividido com uma cortina. “Mas agora sim vou ter a minha casa de verdade, e o melhor, com um endereço. Antes a gente dava o endereço de parentes para receber as cartas”, disse ela.

Desempregado e vivendo apenas de trabalhos temporários, Reginaldo Santos, de 63 anos, também disse que está satisfeito em visitar as obras de sua futura residência. “A gente esperou há muitos anos, mas agora temos a certeza que nossa casa vai sair”, comemora. Já a faxineira Cosmira Vila Nova dos Santos, de 48 anos, foi mais além e disse que sua vida vai mudar a partir de agora. “Eu estava sofrendo muito lá na rua do Mosquito, no meio da lama, e não vejo a hora de me mudar para essa casa nova”, disse a faxineira.

Mas os depoimentos dos futuros beneficiados com as novas unidades do Condomínio Fechado Bosque Verde não param por aí. Josefa Maria dos Santos, aposentada e deficiente física, diz que a partir de agora será só alegria. Ela mora há mais de 10 anos em um barraco na rua do Mosquito e agora vai realizar o seu sonho de ter pela primeira vez na vida uma casa de verdade. Assim como a aposentada, vários outros beneficiados com as novas casas foram visitar as obras das suas futuras residências.

O condomínio conta com infraestrutura completa, a exemplo de saneamento básico, rede de águas, drenagem pluvial, contenção de encostas, pavimentação de ruas e criação de uma ciclovia. Cada casa possui dois quartos, sala, cozinha, banheiro e cerca de mais 100 metros quadrados de área na frente e fundos.

Foliões agitam a Soares Lopes na segunda-feira do Carnaval

A apresentação da Escola Imperadores do Samba contagiou a avenida

O agito comandado nesta segunda-feira (20) pela cantora Viviane Trípodi, de Salvador e pelas bandas Ciclone Musical, Di Bali, Pagojan e Um Love a Mais, demorou para que o público regional deixasse a avenida Soares Lopes. A cada passagem dos trios, sempre acompanhada por blocos de arrasto e de sujo, uma multidão se encarregava de colorir o circuito da folia, com mistura de sons e ritmos diversos no tradicional “encontro de bandas”. E a partir das 16 horas, “o grito de guerra” foi dado ao som do “axé-music”, passando por pagode e balançando o público com arrocha, que a cada ano vem se incorporando ao Carnaval de Ilhéus.

Durante a passagem dos trios elétricos Polirodas, Balance e Mega Tom era possível observar que a maioria das pessoas abusou da criatividade, usou as mais diversas fantasias, algumas simples ou improvisadas e outras até meio sofisticadas. Crianças, jovens e adultos de ambos os sexos mostraram inúmeros estilos e gostos bem diferentes, com predominância para os blocos de travestidos, uma das marcas da folia local.

Outra atração que empolgou o público foi a apresentação da Escola de Samba Imperadores do Samba, do bairro Teotônio Vilela. Criada em 1978, é a única escola que resiste às tradições carnavalescas e traz brilho à avenida. Com o seu samba enredo dedicado a Jorge Amado e contando um pouco da história e das tradições de Ilhéus, a escola arrancou aplausos dos cerca de três mil foliões.

A festa na Soares Lopes será encerrada nesta terça-feira (21), com shows de Tonho Matéria, um dos puxadores de blocos de Salvador e das bandas Langerie de Patricinha, Cia. do Povo, Rhabana Smith, Badaladus e Nego & Banda, com passagem na avenida pelos blocos afro, de sujo e de arrasto. Estão na programação o desfile do Grêmio Recreativo Imperadores do Samba e de bailes infantis e da saudade.

Carnaval de Ilhéus será aberto oficialmente neste sábado

O Carnaval de Ilhéus promete muita animação

Tatau, ex-vocalista da Banda Araketu, Tonho Matéria e grandes nomes da música regional serão as atrações do Carnaval de Ilhéus, que será aberto oficialmente às 13 horas deste sábado (18) na avenida Soares Lopes. Além disso, a maior festa popular de Ilhéus contará com dois trios elétricos de grande porte, vários mini trios e com a participação de mais de 80 blocos independentes, os chamados blocos de sujos, blocos afros e a escola de samba Grêmio Recreativo Imperadores do Samba, do bairro Teotônio Vilela. Também serão montada praças de alimentação, espaços alternativos para blocos e bailes infantis e a tradicional praça das marchinhas, com o baile da melhor idade, onde serão relembradas as musicas que marcaram os grandes carnavais.

A segurança será outro destaque do Carnaval de Ilhéus. Na reunião preparatória do evento, realizada na tarde desta segunda-feira (13), no Salão Nobre do Palácio Paranaguá, ficou confirmado que a festa vai contar com os efetivos das polícias Civil e Militar, Guarda Civil Municipal e Corpo de Bombeiros, que estarão atuando em todo o circuito da folia e adjacências. A Polícia Militar, por exemplo, já confirmou que esse ano o efetivo de policiais nas ruas de Ilhéus será maior que no ano passado. Também será montada uma central de monitoramento com câmaras de segurança espalhadas por todo o espaço da folia. As entradas do circuito da festa serão fechadas com a revistas dos foliões e monitoramento.

Esse ano o Carnaval de Ilhéus vai homenagear Jorge Amado, o mais importante escritor baiano, que estaria completando 100 anos, caso estivesse vivo. O tema da festa será “Carnaval na terra de Jorge Amado por nós”. Toda a avenida Soares Lopes será decorada com peças contando a história da vida, dos personagens e das obras de Jorge Amado. O secretário Paulo Moreira alerta, ainda, que o clima de segurança estará inserido em toda a festa, até mesmo a decoração, que vai contar com faixas por toda a avenida destacando a frase de Jorge Amado que diz: “Se você é de paz, pode entrar”.

Read the rest of this entry »

Prefeitura entrega casas no Teotônio Vilela

Os secretários Alisson Mendonça, Ari Silva Santos e Paulo Goulart entregam as chaves das casas

A Prefeitura de Ilhéus entregou na tarde da última quinta-feira (26) a primeira etapa das casas populares do Programa Habitar Brasil BID no bairro Teotônio Vilela. Nessa primeira etapa foram entregues as chaves de 22 novas casas para os moradores da rua José Petrúcio, beneficiando famílias carentes que viviam em barracos construídos nos mangues e nas encostas. Mas o prefeito Newton Lima já adiantou que mais 104 novas casas do Programa HBB, que já estão praticamente prontas, serão entregues nos próximos dias para os moradores do Alto São João, também no bairro Teotônio Vilela.

Participaram da solenidade de entrega das casas os secretários municipais Alisson Mendonça (Governo), Paulo Goulart (Infraestrutura) e Ari Santos (Assistência Social), além de lideranças comunitárias do bairro e técnicos da Prefeitura de Ilhéus responsáveis pelo processo de cadastramento dos beneficiados e acompanhamento das obras. Todos os beneficiados com as casas foram cadastrados pela equipe da Prefeitura, que comprovaram as condições subnormais em que viviam as famílias, morando em barracos improvisados nas encostas dos morros e nas áreas de preservação ambiental.

Uma das beneficiadas foi a dona de casa Edilene Francisca dos Santos que morava em um barraco construído no mangue. Emocionada por receber as chaves de sua nova casa, ela disse que o imóvel, no nome dela, construído de blocos, representa a realização de um sonho. “Eu nunca que ia ter condições de construir uma casa dessa”, disse a dona de casa, que está desempregada. Outra beneficiada com as casas populares foi a também dona de casa Josiane Coelho Santana, que morava de aluguel numa encosta do morro, em um barraco de madeira onde não havia banheiro, saneamento básico e muito menos calçamento na rua. “Agora a minha vida melhorou muito”, disse ela.

Read the rest of this entry »

Prefeitura entrega Casas do HBB

As casas se destinam às famílias carentes

O secretário da Assistência Social e Trabalho da Prefeitura de Ilhéus, Ari Silva Santos, informa que a partir desta segunda-feira (23) os técnicos da secretaria iniciarão a visita nos domicílios das famílias inscritas no programa de construção de casas populares do Projeto Habitar Brasil (HBB), do Banco Mundial e Governo Federal. O objetivo é regularizar a documentação para possam apresentar todas as condições legais para receberem as casas, localizadas no bairro Teotônio Vilela.

Segundo Ari Silva Santos, inicialmente serão entregues 62 das 126 casas constantes do HBB, cuja transferência está prevista para quinta-feira (26), dependendo apenas da confirmação da Caixa Econômica Federal. O secretário informa, ainda, que outras 48 residências estão com as obras adiantadas e deverão compor o segundo lote a ser entregue, para em seguida concluir e transferir as 16 restantes do projeto. Além das primeiras 62 unidades que estão concluídas, aos moradores também receberão o Centro Comunitário, que é parte integrante do programa.

Explica o secretário da Assistência Social e Trabalho, parte das casas populares do Programa Habitar Brasil foi ocupadas por algumas famílias, porém mesmo antes de receber a obra, ainda sob a responsabilidade das empresas Montanha Aluguel de Máquinas e Equipamentos (construção) e Diretrizes Consultoria (cadastramento), a Prefeitura buscou resguardar o interesse público e a segurança dos imóveis, procedendo a entrega às famílias inscritas e que foram aprovadas.

Partidos fazem plenária unificada

As direções dos Partidos PCdoB, PMDB, PMN, PDT, PRB, DEM, PSDB e PCB comunicam a realização, sexta-feira (9), às 18 horas, no salão da Associação dos Moradores do Teotônio Vilela, em Ilhéus, da II Plenária Unificada das Militâncias. A participação da população é livre.

Páginas: 1 2 Próximas
Canavieiras pretende ampliar setor turístico
 
O resgate da atividade turística é uma das metas estabelecidas pelo prefeito Almir Melo para ter o turismo como uma das principais atividades econômicas. Trabalho com essa finalidade está sendo desenvolvido pelo secretário Fernando Volpi e que já produz resultados positivos.
 
LEIA MAIS
 
Prefeitura de Canavieiras define data de início do Projeto Verão
A Comissão organizadora do Projeto Verão 2013-14 – integrado pelas secretarias do Turismo e Cultura – já definiu com o prefeito Almir Melo a data de lançamento e início dos eventos. Será na noite de 6 de dezembro, com apresentações artísticas, culturais e esportivas durante as tardes-noites de sexta, sábado e domingo, no sítio histórico.
 
LEIA MAIS
Alto Beco do Fuxico festeja seus 30 anos
 
Saudosismo, amizade, cachaça da boa, cerveja bem gelada, mocofato preparado por Danilo, música de todos os gêneros e para atender todos os gostos. Esse foi o combustível que moveu membros da Confraria do Alto Beco do Fuxico, os acadêmicos da Academia de Letras, Artes, Música, Birita, Inutilidades, Quimeras, Utopia e Etc. (Alambique), além de outros frequentadores do Alto Beco do Fuxico.
 
LEIA MAIS