CIA DA NOTÍCIA

Posts Tagged ‘brutalsc’

Canavieiras ganha centro de treinamento de kettlebell

Com o aumento do interesse pelas aulas de kettlebell, João Rosário, em parceria com Joyce Araújo, da Academia Arte Suave, abriram turmas e horários e já projetam ampliar espaço na academia para início de 2018, com o objetivo de torná-la o primeiro centro de treinamento em Kettlebell Sport da região. Atualmente são treinadas turmas com três aulas semanais (segundas, quartas e sextas-feiras) às 7 ou 12 horas. Com a ampliação do espaço serão abertas mais três turmas para atender demanda.

Atleta multipremiada nas artes marciais, Joyce Araújo também é treinada por João Rosário e já se destaca no Kettlebell Sport com três medalhas de ouro em apenas dois campeonatos disputados, duas medalhas já na sua estreia no torneio Brutal de Kettlebell Sport realizado em março, em Canavieiras e a última no GP Mundial de kettlebell no início de setembro, em Salvador. Para a cidade já são 15 medalhas em pouco mais de um ano, após João Rosário iniciar treinamento de atletas.

Formada em educação física, Joyce ministra aulas de judô, jiu-jitsu, funcional e boxe na Academia Arte Suave, e vê no Kettlebell Sport um treinamento complementar também na melhora do desempenho nessas modalidades. Para ela, é uma alternativa prática e completa para os que querem sair do sedentarismo, melhorar o condicionamento físico ou se desafiar no esporte.

Benefícios

Segundo João Rosário, treinar com o kettlebell é como ter todos os benefícios de uma academia em uma única ferramenta. “O kettlebell não direciona seus movimentos nem faz esforço por você como nas máquinas tradicionais. É você que o move, trabalhando todos os músculos do corpo numa intensidade forte, tanto do ponto de vista aeróbico, quanto do fortalecimento muscular, num treino dinâmico e divertido. Em apenas 30 minutos é possível queimar 300 calorias, aumentar a massa muscular e queimar as gorduras localizadas, melhorar o condicionamento físico e toda a resistência muscular e cardiovascular com resultados aparentes em apenas 6 semanas de treino, durante 3 vezes na semana”, destaca.

O professor esclarece, ainda, que o Kettlebell Sport pode ser praticado por todos, de iniciantes a atletas, cada um na intensidade indicada, porque sua evolução é progressiva. “No início optamos pelos pesos mais leves, aumentando gradualmente de acordo com a melhora da técnica, o ganho de força e condicionamento físico do aluno. Daí a importância de ter um professor especializado nesse esporte para orientar a usar a ferramenta”, informa João Rosário, que possui várias certificações internacionais e é treinador de atletas premiadas na modalidade.

Se você ficou interessado em conhecer essa modalidade, Joyce e João o convidam para uma aula experimental na Academia Arte Suave, que fica na rua Altamirando de Carvalho Filho, 308, Canavieiras. Mais informações (73) 99827-9091 ou redes sociais @BrutalSC.

Campeonato Baiano de Kettlebell reunirá número recorde de atletas

O esporte cresce no estado, que em setembro recebe etapa de GP mundial

Por: Liliane Pólvora

Cartaz Baiano 1-640x640-640x640-400x400Em 5 de agosto Salvador reunirá os melhores atletas de kettlebell sport do estado no campeonato baiano dessa modalidade. A competição terá início a partir das 10 horas, no Clube da Adelba, onde treina a L3 training, equipe com maior número de atletas do estado.

O campeonato baiano é uma chance de preparação maior para os atletas que irão competir na etapa Brasil do GP mundial da Associação Mundial de Kettlebell Sport (WAKSC), que acontece pela primeira vez na Bahia, em Salvador, no dia 8 de setembro”, informa João Rosário, organizador do GP e pioneiro no treinamento e realização de competições de Kettlebell no Brasil.

Quer competir? Então se apresse. As inscrições dos atletas se encerram no dia 21 de julho. Confira no site www.brutalsc.com todas as informações sobre a inscrição (formulário) e regras do campeonato.

Kettlebell Sport na Bahia

Equipe feminina de kettlebell sport da L3 training

Equipe feminina de kettlebell sport da L3 training

O campeonato baiano será a quarta competição realizada em Salvador e a quinta no estado. “A última foi realizada em março, em Canavieiras, no 1º Torneio de Kettlebell Sport do interior; outras três aconteceram em Salvador, sendo uma em 2015 e outras duas em 2016”, explica Rosário. A expectativa para ele é de o campeonato bata recorde de competidores, uma vez que só a equipe L3, liderada pelo treinador Fábio Leal, conta atualmente com time de 35 atletas de kettlebell.

Antes do campeonato baiano, João Rosário representará o estado e o Brasil no 1º Campeonato Latino Americano da WAKSC, que será realizado no dia 28 de julho, no Chile. “Será uma grande oportunidade de convidar atletas de toda a América Latina para o GP Brasil, além de ir em busca de mais uma medalha para a Bahia”, explica.

De acordo com ele, Salvador concentra os atletas mais experientes do estado no esporte e com boa colocação no ranking nacional. No último ano, o treinamento intensivo e aprimoramento da técnica renderam a sete atletas de duas equipes da capital baiana dez medalhas de ouro no GP mundial da WAKSC em Curitiba, primeira competição em nível internacional realizada no país.

Um dos grandes destaques no Grand Prix em 2016 foi Fátima Regina, 56 anos, da equipe da L3 training, de Salvador, e suas duas filhas, Gabriela e Lara Guimarães. Fátima começou a treinar para emagrecimento, virou atleta de Kettlebell Sport e apresentou o esporte para as filhas. Juntas, elas conquistaram no GP seis medalhas de ouro, duas para cada uma. O último recorde registrado por Fátima foi de 232 repetições na prova snatch, com kettlebell de 8 kg em 10 minutos, no torneio em Canavieiras, em março.

Mas o que é esse esporte?

O Kettlebell Sport utiliza uma técnica de levantamento de peso que exige força e habilidade com o kettlebell, uma bola de ferro com alça que pode pesar 24 quilos na categoria feminina e 32 kg masculina em campeonatos profissionais. O esporte consiste em quatro provas – jerk, snatch, long cycle e o biathlon, disputadas em 10 minutos em campeonatos oficiais, aliando força, técnica e resistência. O vencedor é o atleta que conseguir executar mais repetições, validadas tecnicamente pelo árbitro, no tempo da prova.

Nos últimos dois anos o esporte cresceu no Brasil e desde 2014, quando os primeiros campeonatos foram organizados, o nível técnico e a performance dos atletas aumentaram. Em 2016, o Brasil sediou pela primeira vez uma etapa do GP mundial da WAKSC em Curitiba, que contou com 47 atletas de 8 estados brasileiros. “Em setembro o GP Brasil 2017 da World Association of kettlebell Sport Club —WAKSC será em Salvador, e terá pela primeira vez a presença do russo Sergey Rachinskiy, com 12 títulos mundiais no esporte e detentor de sete recordes no Guiness Book em levantamento de peso”, destaca João Rosário.

O Campeonato Baiano de Kettlebell Sport 2017 é uma realização da L3 training e Brutal Strength and Conditioning, com patrocínio da Rhanc Clube Fitness, Cross Rhanc e Burpees Comfort Fitness. A competição será no Clube da Adelba, na Rua Tamburugy 2079, em Piatã, Salvador-BA. As inscrições se encerram no dia 21 de julho sendo R$ 45,00 para uma prova e R$ 60,00 para duas. O campeonato é aberto ao público. Mais informações no whatsapp (73) 99827-9091, com João Rosário.

Taxa do cheque especial aumenta em agosto
 
A taxa média do cheque especial nos bancos em agosto foi de 13,52% ao mês (a.m.), alta de 0,06 ponto percentual em relação ao mês anterior, segundo pesquisa do Procon de São Paulo. A maior alta foi encontrada no Banco do Brasil
 
LEIA MAIS
 
Artista canavieirense se inspira nas belezas naturais de sua terra
Aos 35 anos, quatro dos quais dedicados à arte, Thiago tem despertado a atenção de turistas e nativos pela simplicidade de seus trabalho, com traços e entalhes precisos, retratando animais do bioma Mata Atlântica.
 
LEIA MAIS
Alto Beco do Fuxico festeja seus 30 anos
 
Saudosismo, amizade, cachaça da boa, cerveja bem gelada, mocofato preparado por Danilo, música de todos os gêneros e para atender todos os gostos. Esse foi o combustível que moveu membros da Confraria do Alto Beco do Fuxico, os acadêmicos da Academia de Letras, Artes, Música, Birita, Inutilidades, Quimeras, Utopia e Etc. (Alambique), além de outros frequentadores do Alto Beco do Fuxico.
 
LEIA MAIS