CIA DA NOTÍCIA

Posts Tagged ‘Ilhéus’

Décima Semana de Museus

Bahia discute desapropriações da Fiol

Com a finalidade de acompanhar o andamento das desapropriações para a construção da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), o secretário da Casa Civil do governo da Bahia, Rui Costa, se reuniu com o presidente da Valec, Eduardo Castello Branco, na manhã desta quarta-feira (9), em Brasília (DF).

Segundo o presidente da Valec, após a visita do governador Jaques Wagner e dos ministros Miriam Belchior, do Planejamento, e Paulo Sérgio Passos, dos Transportes, ao canteiro de obras da Fiol, em Jequié, no mês passado, o ritmo das desapropriações foi acelerado. No entanto, um acordo firmado nesta quarta-feira prevê mais celeridade nos processos.

“Vamos oficializar esse entendimento por meio de assinatura de convênio, proposto pela Valec, estabelecendo uma cooperação técnica para desapropriar as áreas da ferrovia”, disse Rui Costa

Assinatura – O documento será assinado pelo secretário da Casa Civil, representando o governo, e o presidente da estatal no próximo dia 23 de maio, em Ilhéus. Para o ato, além de representantes do Estado e da Valec, serão convidados os prefeitos dos municípios que fazem parte do traçado da obra.

Encontro Nacional da Juventude Negra será realizado em Ilhéus

Ilhéus sediará, entre os dias 10 e 12 de maio, o VI Seminário Nacional da Juventude Negra – JN13. O evento tem por objetivo dar continuidade ao ciclo de fortalecimento e formação política da JN13, ampliando a influência para dentro do Partido dos Trabalhadores e uma maior participação da juventude na pauta do Movimento Negro. Promovido pelas três esferas do PT (nacional, estadual e municipal), o seminário visa ainda incidir de forma articulada e qualificada nas decisões políticas de combate ao racismo e na promoção de políticas de igualdade racial.

O encontro, que deve contar com a participação de cerca de 100 pessoas de várias partes do Brasil, será realizado no Seminário São Jorge dos Ilhéus, rodovia Ilhéus/Itabuna, vila Nazaré, Fundão, e contará com extensa programação. Avaliar os encaminhamentos das demandas e resoluções da JN13 nos últimos 4 anos; realizar a formação política sobre o PT, discutir temas como “a Juventude Negra e a Questão Racial; realizar planejamento e definir agenda para o próximo período; definir política de organização e organicidade da JN13, junto a pasta de Ações Afirmativas da JPT e Mobilizar jovens negras e negros de 16 a 29 anos, filiados ao PT, de todas as regiões do Brasil fazem parte da programação oficial do evento.

Na programação, estão previstos para o dia 10, das 10 às 13 horas, a recepção e acolhida das delegações, seguido de credenciamento e acomodação das mesmas. Às 14 horas acontece a mesa de abertura do Seminário, que contará com as presenças do secretário Nacional da Juventude do Partido dos Trabalhadores, Jefferson Lima; da secretária Estadual da Juventude do PT, Polyana Rebouças; da diretora Nacional de Ações Afirmativas da JPT; Dione Silva, do presidente do PT da Bahia; Jonas Paulo; da vereadora ilheense, Carmelita Ângela, de representantes da Fundação Perseu Abramo, da Fundação Friedrich Ebert e do Comitê de Entidades Negras, entre outras autoridades.

Read the rest of this entry »

AS IMPLICAÇÕES DE UMA NOVA PONTE ILHÉUS – PONTAL

Julio Cezar de Oliveira Gomes*

Há hoje um movimento organizado em Ilhéus que pede a construção de uma nova ponte ligando o bairro do Pontal ao Centro de Ilhéus. Pode-se notar isso na imprensa regional, na internet, e também em adesivos colocados na parte traseira de dezenas, talvez centenas de carros que circulam na cidade.

Fala-se sobre a construção da nova ponte ligando, mais exatamente, as proximidades do Morro de Pernambuco à Praia do Cristo. Isto resolveria o problema dos engarrafamentos entre a Zona Sul e o Centro da cidade, correto?

Não necessariamente. Primeiro porque o problema não é só de fluxo de tráfego sobre a ponte já existente, mas de distribuição deste fluxo no Centro de Ilhéus, que está no limite de sua capacidade de suportar o tráfego de veículos. Na verdade, quem não suporta mais tal volume de tráfego são as principais vias do Centro da cidade.

Estas vias do Centro teriam que merecer uma intervenção radical, o que talvez seja mais complicado do que a construção da nova ponte. Ao chegar à praia do Cristo o tráfego intenso teria que escoar via Dois de Julho e Soares Lopes para daí ser distribuído para o Malhado, ou direcionado para a avenida Itabuna.

Em todas estas hipóteses o que se verifica é a continuidade da sobrecarga de vias que hoje estão muito próximas de seu limite máximo de uso, ou que terão de merecer total remodelação, pois foram projetadas priorizando aspectos residenciais, comerciais ou paisagísticos, e não o escoamento de veículos em si mesmo.

Além destes aspectos, há de se considerar que a construção da nova ponte no local acima mencionado implica, na prática, na destruição de duas praias: a do morro de Pernambuco e a do Cristo, ambas de forte apelo histórico, cultural e paisagístico. A depreciação do Centro da cidade torna-se evidente.

Na verdade, a solução mais adequada talvez fosse a construção de uma via expressa ligando a Zona Sul à Rodovia Ilhéus Itabuna, e esta ao Iguape, fazendo um semi anel rodoviário que possibilitasse ao tráfego deslocar-se entre os bairros da cidade sem ter que passar pelo Centro, tal como ocorre hoje.

O semianel não é coisa só de capital, nem é sonho impossível. A vizinha cidade de Itabuna possui uma via expressa que faz com que o tráfego vindo de Ilhéus possa, ao entrar próximo a uma grande churrascaria, dirigir-se à BR-101 sem passar pelo Centro de Itabuna.

É compreensível a ânsia por solução de quem se estressa todos os dias em engarrafamentos ao longo da atual ponte Ilhéus Pontal. Nesse sentido a nova ponte poderá satisfazer uma necessidade imediata de muitos, e talvez seja mesmo imprescindível. Porém é preciso pensar não só no hoje, mas a médio e longo prazo.

Sem ilusões em relação aos limites e ao custo urbanístico de uma ponte ligando o Morro de Pernambuco ao Cristo, prefiro defender para Ilhéus a construção de um semianel rodoviário que retire do Centro o encargo de ser passagem obrigatória para todas as rotas.

Sei que hoje poderei estar quase solitário nesta defesa, mas tenho certeza de que todos os que hoje clamam pela construção de uma nova ponte estarão, no dia seguinte à sua inauguração, defendendo a ideia de um semianel rodoviário que proporcione novos vetores de crescimento para a cidade de Ilhéus.

*Graduado em História e em Direito pela Uesc – Universidade Estadual de Santa Cruz. e-mail juliogomesbr@ig.com.br

UM BRINDE À COMPETÊNCIA

O lançamento do projeto Amar Amado, que marca as comemorações do centenário do escritor Jorge Amado, mostrou o abismo que separa a maneira como a cultura é encarada pelo poder público em Ilhéus e Itabuna.

Enquanto Ilhéus transformou o Centenário de Jorge Amado num mega-evento, que terá repercussão nacional e internacional, atraindo milhares de pessoas para a cidade, com uma semana de atividades culturais em suas mais diversas manifestações,  Itabuna deixa a data passar praticamente em branco.

Ou se deve levar em conta um galpão que é apenas um amontoado de paredes sem nada dentro e um cine-teatro tão virtual que até o prefeito lavou as mãos?

Lamentável, porque as duas cidades, a que Jorge nasceu e a em que Jorge passou a infância, poderiam estar juntas numa programação digna do Menino Grapiuna que Jorge sempre foi.

A diferença é que enquanto em Ilhéus a cultura é tocada por uma pessoa que está no cargo por competência e não por ser do PT, do PC do B, do DEM ou da PQP, em Itabuna a FICC primeiro esteve nas mãos de um ególatra e depois, pior ainda, virou moeda de troca para acordos políticos.

Simples assim.

Do BLOG DO THAME

Ilhéus vacina contra a gripe

Neste sábado (5 de maio), começa a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Com o tema “Proteger é cuidar”, a campanha do Ministério da Saúde seguirá até o dia 25 de maio. Em Ilhéus, a meta da campanha deste ano é imunizar 33.639 pessoas, segundo dados da Vigilância à Saúde do município. O público-alvo desta ação são as pessoas com mais de 60 anos de idade, crianças na faixa etária de seis meses a dois anos e gestantes.

Além desses grupos, também devem ser vacinados os profissionais da saúde e a população indígena. Os grupos eleitos representam a parcela da população considerada vulnerável à manifestação grave da doença. No próximo dia 5 de maio, será realizado o “Dia D” de mobilização nacional, com postos de saúde e pontos extras de vacinação funcionando durante todo o dia. Estará disponível – também – para a população durante todo o dia postos volantes, equipes móveis de vacinadores que circularam por bairros, sendo uma equipe em cada zona da cidade.

Segundo a diretora do Departamento de Vigilância à Saúde, Cássia Virgínia Brito, é importante que os incluídos no grupo de risco se vacinem para manter a Bahia livre dessa doença que, em alguns casos, pode levar à morte. Os pais devem ficar atentos à vacinação das crianças. Aquelas que receberão a vacina pela primeira vez serão imunizadas em duas etapas: na primeira ida ao posto de vacinação receberão meia dose, e 30 dias depois devem retornar para receberem a segunda dose. As pessoas que foram vacinadas no ano passado devem tomar apenas uma dose neste ano.

TRE e UPB debatem legislação eleitoral em Ilhéus

Numa caravana inédita na história político-eleitoral baiana, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), em parceria com a União dos Municípios da Bahia (UPB), está percorrendo o estado com o fórum de debate sobre condutas vedadas e legislação eleitoral. Depois de passar por Salvador, Vitória da Conquista e Irecê, prestigiando cerca de três mil pessoas, a caravana chega à cidade de Ilhéus no dia 27 de abril, no auditório da Faculdade de Ilhéus, onde pré-candidatos de 107 municípios debaterão a legislação eleitoral.

Entre os temas debatidos estão: Lei da Ficha Limpa e Desincompatibilização; Condutas Vedadas a Agentes Públicos em Campanha; Propaganda Eleitoral; Arrecadação, Gastos e Prestação de Contas de Campanha.

Autor da caravana, o prefeito de Camaçari, presidente da UPB, Luiz Caetano, ressaltou que, “com a realização desses fóruns estamos buscando a moralização das eleições na Bahia. Não queremos ensinar ninguém a driblar as leis, mas a cumpri-las, evitando com isso processos de cassação de mandato como temos visto em nosso estado”.

O Fórum de Debates: Condutas Vedadas e Legislação Eleitoral que acontece no auditório da Faculdade de Ilhéus é aberto ao público e as inscrições acontecerão no dia e local do evento.

Professora Carmelita assume compromisso com o homem do campo

Os agricultores se empolgam com a possibilidade de eleger uma mulher para a Prefeitura de Ilhéus

Nascido e criado no distrito rural de Maria Jape, em Ilhéus, Genivaldo Figueiredo Moreira, de 46 anos, casado e pai de dois filhos, conhece como poucos os problemas da comunidade em que vive. A localidade é rica na produção da cultura de subsistência, como cacau, mandioca, aipim, milho, cupuaçu e cana-de açúcar. Mas falta apoio aos agricultores, as estradas vicinais são historicamente ruins e, normalmente, depois das eleições, os políticos que aparecem em busca de votos, somem sem dar uma solução para os problemas da comunidade. “Estamos cheios disso”, desabafa. “Por isso, desta vez, queremos dar uma oportunidade ao novo. E o novo, o diferente, é entregar a gestão da cidade a uma mulher”, disse Genivaldo, ao receber, neste domingo (22), a visita da pré-candidata a prefeita de Ilhéus pelo Partido dos Trabalhadores (PT), professora Carmelita.

O território de Maria Jape é formado por cerca de 50 propriedades rurais e habitado por mais 800 famílias. A maior parte é de pequenos agricultores preocupados com o futuro dos filhos e netos e a falta de oportunidade que há décadas toma conta da região. “Quero governar com a razão. Mas não abro mão de governar também com o coração. Por que quem governa com o coração tem a capacidade de estimular o amor. E nós precisamos fazer diferente para construir esta nova cidade que todos nós, da zona urbana e da zona rural, queremos”, disse Carmelita aos agricultores. O olhar com sensibilidade e a altivez de uma mulher para governar os ilheenses é visto pelos moradores de Maria Jape, como uma grande oportunidade de dar o salto que a cidade precisa para voltar aos trilhos do desenvolvimento. Natural de Jussari, mas residindo na comunidade com esposa e filhos há 18 anos, Carlos Alberto dos Santos, se diz estimulado com a proposta de ver uma mulher sentada na principal cadeira do Palácio Paranaguá.

Read the rest of this entry »

Políticos têm de ser éticos, morais e compromissados

Walmir Rosário*

As campanhas políticas se aproximam e a partir de junho próximo teremos os candidatos aos cargos executivos e parlamentares, em nível municipal. Enquanto as convenções não definirem quais são os escolhidos pelos diversos partidos e coligações como candidatos a prefeito e vereador, todo o cidadão com suas obrigações eleitorais em dia tem o direito de lançar seu nome à apreciação dos eleitores.

E é bom que assim o faça – no papel de pré-candidato –, no sentido de que os eleitores tenham tempo suficiente para analisar o passado desses políticos, desde a lisura com que tratou as finanças públicas quando ocupou cargos e mandatos, ou o compromisso com as causas da sociedade. Mesmo aqueles que ainda não tiveram a oportunidade de exercer cargos podem ser avaliados pela conduta ética e moral.

Como bem disse o filósofo André Comte-Sponville, “a moral é solitária (ela só vale na primeira pessoa); toda política é coletiva. É por isso que a moral não poderia fazer as vezes de política, do mesmo modo que a política não poderia fazer as vezes de moral: precisamos das duas, e da diferença entre as duas!”, ensinou.

Para ficar mais claro, vale a pena lembrarmos de mais um trecho do pensamento do filósofo no seu trabalho “Apresentação da Filosofia”, quando diz, textualmente: “Uma eleição, salvo excepcionalmente, não opõe bons e maus, mas opõe campos, grupos sociais e ideológicos partidos, alianças, interesses opiniões, prioridades, opções, programas…Que a moral também tenha uma palavra a dizer é bom lembrar (há votos moralmente condenáveis). Mas isso não nos poderia fazer esquecer que ela não faz as vezes nem de projeto nem de estratégia. O que a moral tem a dizer contra o desemprego, contra a guerra, contra a barbárie?”, reforça.

Diante desses ensinamentos, a avaliação que deveremos fazer dos candidatos dependem de diferentes premissas, pois além da conduta dos políticos, se faz necessária uma análise mais apurada das teses que defendem. De que lado está o candidato: da comunidade ou de representantes do mercado? Quem são os apoiadores e financiadores da campanha? Como dissemos logo acima, não basta a moral (da pessoa, individual), mas, sobretudo, os comprometimentos políticos (que trata do coletivo, da comunidade).

Na eleição deste ano um ingrediente vem esquentar ainda mais o debate: a exigência da comprovação do candidato ser um político “ficha limpa”. Mas isto tem de ser visto em sua plenitude e não apenas se o candidato é considerado “ficha suja” por ter sido condenado em instância judicial colegiada, em tribunais de segundo grau. Ora, o crime cometido contra o dinheiro público é o mesmo, apenas dependerá de uma confirmação (ou não) de um tribunal superior, resguardando-se os princípios constitucionais de ampla defesa e condenação irrecorrível.

Para deixar mais claro, crimes cometidos são os mesmos, mas que, se ainda não foram julgados por tribunal superior, a culpa pode ser creditada aos constantes recursos existentes no Código de Processo Civil (Penal, também), bem como a morosidade do judiciário, o que dificulta o bom andamento do processo. Afinal, os políticos “ficha sujas” se cercam de grandes e conceituadas bancas de advogados, com a finalidade de promoverem suas defesas, seja no campo eminentemente jurídico ou na procrastinação dos feitos.

Com isso, os crimes cometidos contra o patrimônio público passam anos e anos à espera do julgamento pelos juízes monocráticos, e quando sobem aos tribunais padecem dos constantes recursos, inclusive os chamados “recursos de gaveta”, como são chamados no jargão forense. Esse tratamento diferenciado dado a determinados políticos faz com que passem anos e anos respondendo a centenas de processo de malversação de recursos públicos posando de honestos, como se “fichas limpas” fossem.

E o que é mais grave: apesar do cidadão acessar os sites dos tribunais, inclusive do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), e comprovar as centenas de processos, esses velhos políticos utilizam a falta de julgamento como se fosse um “diploma ou uma certidão negativa” atestando que seriam bons moços. E a comunidade continua seu calvário vendo-os renovar seus mandatos. Assim tem sido em Itabuna, não continua sendo diferente em Ilhéus ou em centenas de municípios brasileiros.

Para que o eleitor possa fazer uma análise mais apurada, basta distinguir, apurar se o candidato se enquadra nessas simples regrinhas: Ética é princípio, moral são aspectos de condutas específicas; ética é permanente, moral é temporal; ética é universal, moral é cultural; ética é regra, moral é conduta da regra; ética é teoria, moral é prática.

Para encerrar, continuaremos com a lição de Sponville: “Não basta esperar a justiça, a paz, a liberdade, a prosperidade… É preciso agir para defendê-las, para aprimorá-las, o que só se pode fazer eficazmente de forma coletiva e que, por isso, passa necessariamente pela política. Que esta não se reduza nem à moral nem à economia”.

Agora, só depende de nós!

*Advogado, jornalista, e editor do site www.ciadanoticia.com.br

Estado inclui Ilhéus em projeto de atração de empresas BPO

A cada dia aumenta o potencial econômico de Ilhéus

Após elencar o segmento BPO (Business Process Outsourcing ou terceirização de processos de negócio) como prioritário, no bojo de sua política de comércio e serviços, o Governo do Estado identificou Ilhéus como um município de grande potencial para receber empresas do setor. A informação foi dada ao prefeito Newton Lima na última quinta-feira (19) pelo diretor de serviços da Secretaria de Indústria, Comércio e Mineração (SICM), Marcos Costa, que, na oportunidade, ressaltou a infraestrutura local, que inclui porto, aeroporto, distrito industrial e polo de informática, entre outros.

Costa também informou que o segmento BPO é um dos que mais crescem, gerando um ambiente econômico transformador e inovações mercadológicas de grande destaque no cenário mundial. “A Petrobras, por exemplo, tem como atividades principais a exploração e o refino de petróleo. O segmento BPO vem, então, para assumir as chamadas atividades secundárias, como a área jurídica, o setor de informática e os diversos serviços de atendimento, entre inúmeras outras possibilidades”, explicou.

Durante o encontro, o prefeito Newton Lima colocou todas as secretarias municipais à disposição do Governo do Estado para quaisquer informações, solicitando, na sequência, a execução de novas intervenções no distrito industrial. “Ficamos felizes em saber que Ilhéus está, mais uma vez, inserida nos projetos de atração de empresas do governo estadual. É uma notícia que, sem dúvida alguma, contribui para o fortalecimento da nossa cidade. No entanto, continuamos solicitando do Governo novas melhorias para o nosso distrito, visando à captação desses novos investimentos”, disse.

Realizada no Gabinete do Prefeito, no Palácio Paranaguá, sede oficial da administração ilheense, a reunião também contou com a presença dos secretários de Indústria, Comércio e Planejamento, Jorge Bahia, e da Segurança, Transporte e Trânsito, Marcelo Barreto, além do diretor municipal de Indústria e Comércio, Otoniel Costa Júnior.

Read the rest of this entry »

Bahia pesca repovoa mangue

A Bahia Pesca realiza neste sábado (21), às 15 horas, na avenida Beira-rio, bairro Sapetinga, em Ilhéus, o povoamento de megalopas (filhotes de caranguejo na segunda fase de vida). O povoamento faz parte do Programa Integrado de Manejo e Gerenciamento do Caranguejo-Uçá (Puçá) e os objetivos são o equilíbrio ambiental e a preservação da espécie.

De grão em grão beneficia alunos de Ilhéus

Conhecimentos básicos de nutrição são repassados

Desenvolvido em Ilhéus desde 2004, o programa “De Grão em Grão”, promovido pela Fundação Cargill em parceria com o Serviço Social da Indústria (Sesi), vem abordando, a partir deste ano, temática que tem como foco a alimentação saudável, segura e acessível. Todo o material pedagógico do programa foi reformulado, e por isso merendeiras e professores das 16 instituições escolares da rede municipal de ensino que fazem parte do programa estão participando do Encontro de Formação Continuada.

Iniciado na manhã desta quarta-feira (18), no Hotel Praia do Sol, km 0 da rodovia Ilhéus/Olivença, o treinamento é voltado para 60 merendeiras e 250 educadores do município e ministrado por técnicos do Sesi. Segundo explica a gerente da Fundação Cargill, Denise Cantarelli, para as merendeiras, o treinamento é ministrado pela nutricionista do Sesi, Fernanda Tourinho, que traz informações sobre boas práticas de alimentação segura que podem ser adotadas no cotidiano escolar. Já para os professores, o treinamento se estende até esta quinta-feira (19), tendo como responsável a pedagoga Kátia Karan Gonzalez.

Além de apresentar o conteúdo do novo material pedagógico e de repassar conhecimentos básicos sobre nutrição, o treinamento voltado para os professores tem ainda em sua programação a realização dinâmicas entre os professores, visando a implantação dessas técnicas de aprendizado em sala de aula. O material didático do “De Grão em Grão”, intitulado “De olho no seu prato”, é formado por cinco volumes, com cadernos do aluno e do professor, além de CD multimídia. “O material do programa traz uma linguagem multidisciplinar, que pode ser abordada de diversas maneiras e várias matérias”, salientou Denise Cantarelli.

Read the rest of this entry »

Páginas: Anteriores 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 ... 25 26 27 Próximas
Canavieiras pretende ampliar setor turístico
 
O resgate da atividade turística é uma das metas estabelecidas pelo prefeito Almir Melo para ter o turismo como uma das principais atividades econômicas. Trabalho com essa finalidade está sendo desenvolvido pelo secretário Fernando Volpi e que já produz resultados positivos.
 
LEIA MAIS
 
Prefeitura de Canavieiras define data de início do Projeto Verão
A Comissão organizadora do Projeto Verão 2013-14 – integrado pelas secretarias do Turismo e Cultura – já definiu com o prefeito Almir Melo a data de lançamento e início dos eventos. Será na noite de 6 de dezembro, com apresentações artísticas, culturais e esportivas durante as tardes-noites de sexta, sábado e domingo, no sítio histórico.
 
LEIA MAIS
Alto Beco do Fuxico festeja seus 30 anos
 
Saudosismo, amizade, cachaça da boa, cerveja bem gelada, mocofato preparado por Danilo, música de todos os gêneros e para atender todos os gostos. Esse foi o combustível que moveu membros da Confraria do Alto Beco do Fuxico, os acadêmicos da Academia de Letras, Artes, Música, Birita, Inutilidades, Quimeras, Utopia e Etc. (Alambique), além de outros frequentadores do Alto Beco do Fuxico.
 
LEIA MAIS