CIA DA NOTÍCIA

Posts Tagged ‘Senai’

JOGANDO CONVERSA DENTRO

Fernando VolpiFernando Volpi

Todo empreendedor deve perguntar a si mesmo se está de fato receptivo à inovação antes mesmo de buscar ou de aceitar ajuda e orientação seja lá de quem for ou de onde vier. Nem mesmo o melhor curso do mercado irá ajudar o empreendedor se ele não estiver aberto ao aprendizado, à capacitação atualizada e aos rigores da moderna administração.

O maior perigo para o empresário é acreditar que já sabe tudo e que ninguém irá lhe dizer o que fazer e como fazer para tocar o seu negócio.  O mundo está cheio de “Doutor Sabe Tudo”, o tipo cabotino que se julga superior e que acredita no discutível valor da experiência sempre maior que o valor do aprendizado e do aperfeiçoamento.

Nenhum negócio crescerá sem novas lições, nenhum administrador terá sucesso em sua gestão notadamente no setor privado se não considerar cada dia uma nova chance de aprendizado, procurando oportunidade para aprender em cada situação do seu cotidiano, tanto na empresa, quanto no convívio social.

Como podemos procurar e aproveitar melhor os momentos propensos ao aprendizado? Simples: unir o prazer de uma boa conversa aos benefícios de novas descobertas em seu campo, e participar de cursos e de eventos que incentivem a operar mudanças no planejamento.  Mas é bom saber   que de pouco adiantarão os eventos e reuniões se não predominar a intenção de se concentrar no processo do aprendizado, e principalmente se não houver a firme determinação de implementar o que foi aprendido nesses onerosos encontros.

Os amigos e parceiros mais próximos sabem que não sou adepto de reuniões extensas e de pauta inesgotável, as quais considero autênticos sumidouros, ou sem um bom moderador, alguém que possa monitorar os excessos alimentados pela vaidade nas reuniões que não visem a resultar em algo concreto, num produto exequível, palpável e claro,  para aproveitamento imediato.  Nada de agregar isso ou aquilo, nada de curto, médio e longo prazo, nada de a nível disso e daquilo.

Afirmo com muita gratidão que tenho aprendido em algumas reuniões do tipo vapt-vupt bem dirigidas, mas aprendo também conversando informalmente com pessoas de notável capacidade de instalar suas ideias no assunto sem tomar posse dele. O resultado natural desses encontros – repito: informais – tem sido um enriquecedor aprendizado, chegando até mesmo a mudar o meu modo de pensar em determinados assuntos nos quais eu achava que já tinha esgotado o conteúdo e a forma (é claro que não me refiro àquela sugestão bem pitoresca de uma quadra de vôlei flutuante no rio Pardo, que está aguardando o leito secar totalmente).

Em congressos, seminários, reuniões etc., sempre preferi me ajeitar nos grupos menores em salas e corredores improvisados do que nos salões nos quais a principal atração é o coffee break.   Nas mesas satélites do   evento, os debates apontam para resultados concretos, para produtos concretos. A troca de cartões é importante e deve preceder aos encontros no dia seguinte para que as ideias não se percam após a última ida ao restroom de algum centro de convenções.

Não sei bem porque toquei nesse assunto.  Só me lembro que o tema surgiu de conversa em conversa   outro dia em Itabuna com o meu mais novo velho amigo de infância, Gelisbert Benilá Tress, conversando sobre a importância dos programas do Sebrae e de outras instituições formadoras de líderes “desde que as sementes sejam lançadas em solos férteis”, disse.  Conversa vai, conversa vem, me veio à cabeça a frase do filósofo espanhol Baltasar Gracian: “Faça de seus amigos seus professores e una os prazeres da conversa às vantagens da instrução”.

Ah!  Agora me lembro porque toquei nesse assunto:   é apenas um longo preâmbulo para dizer a vocês que, embora eu não aprecie reuniões longas e com apartes impertinentes, confesso-me apaixonado pelos programas e encontros do Sebrae cuja linguagem é atual, objetiva, clara e quase coloquial, como numa boa conversa em grupo. É exatamente assim, de conversa em conversa, que o Sebrae vem provando que, para quem quer evoluir e inovar em seu negócio, não há melhor aprendizado do que o obtido de profissionais e de amigos bons de prosa, desses que não jogam conversa fora.  Jogam dentro.

Ainda estão em andamento projetos de parcerias com as principais instituições de ensino profissionalizante como: Senac, Senai etc., as quais se somarão aos já disponíveis na cidade, como por exemplo o Instituto Panzini. Trata-se de um esforço conjunto pela elevação do grau de nossa capacidade de receber. Faltam pequenos detalhes   que serão resolvidos rapidamente após uma boa e construtiva conversa.  Ontem mesmo alguém me falou, entre um acarajé e outro, que o horário de almoço precisa ser revisto e, segundo ele, até extinto, o que aumentaria as oportunidades de emprego no comércio e facilitaria a vida dos que só dispõem desse horário para comprar.  Mas isso é assunto para outra conversa entre as partes envolvidas e interessadas, com as instituições. Uma conversa jogada   dentro.

Aproveito para cumprimentar a todos e lhes desejar Boas Festas que antecedam excelentes momentos em 2014 sem perda de tempo e sem jogar conversa fora desnecessariamente… e inutilmente.  Teremos um Ano Novo cheio de Luz se assim o desejarmos, sem conversa fiada, no primeiro minuto.

Secretário do Turismo de Canavieiras

Aprendizes de marcenaria produzem móveis de qualidade

Alunos aplicados se revelam ótimos profissionais

Alegria e orgulho são o sentimento vivido pelos novos marceneiros capacitados pelo programa de qualificação profissional Mina de Talentos em Ilhéus, Caetité e Guanambi. Móveis produzidos pelos aprendizes durante a capacitação foram reconhecidos pela sua qualidade e já são utilizados nos Centros de Treinamento do programa. A Bahia Mineração (Bamin) realiza o Mina de Talentos em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

Durante o curso, os alunos dos três centros de treinamento, sob orientação do instrutor Antônio Carlos Nascimento, fabricaram 43 peças, o que incluiu bancadas, armários, gaveteiros e mesas. A precisão em todas as fases de um projeto de marcenaria, do desenho até o acabamento dos móveis, foi enfatizada ao longo da aprendizagem e se refletiu no nível do material produzido. “Ficou tão bom que recomendamos a utilização dos móveis nos centros de treinamento”, explica o gerente regional do Senai, Jurandir Hendler.

Eliete Cruz, de 32 anos, está entre os 20 trabalhadores que fizeram o curso de marcenaria em Ilhéus, somando-se a outros 40 já obtiveram certificação na mesma área, nos núcleos de Guanambi e Caetité. “Estou feliz por essa oportunidade de conquistar uma formação profissional”, afirma. Ela diz sentir entusiasmo ao ver cada peça finalizada e demonstra estar convencida de que o caminho até o mercado de trabalho é mais fácil de ser percorrido por quem procura qualificar-se profissionalmente.

O diferencial que a qualificação profissional representa motiva outros participantes do Mina de Talentos, como o jovem David Pinto Martins Júnior, 18 anos, que ainda está concluindo o ensino médio e sonha com o primeiro emprego. A mesma vontade de se aprimorar também atrai profissionais experientes, como Friedson Santos Jovita. Com experiência de dez anos como marceneiro, ele já foi dispensado de um emprego numa fábrica de móveis planejados, porque não tinha curso na área. “Existe muita demanda para marceneiros, mas a qualificação pesa bastante, assim como o certificado”, reconhece.

Read the rest of this entry »

Bamin inicia capacitação

Aula inaugural do Mina de Talentos realizada em Ilhéus

A Bahia Mineração (Bamin) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) iniciaram quinta-feira (28), pela manhã, no auditório da Rádio Educadora, em Caetité, e à tarde, no Centro Cultural de Guanambi (municípios localizados a aproximadamente 650 quilômetros de Salvador), as primeiras aulas do programa Mina de Talentos, cuja meta é qualificar profissionalmente seis mil e quinhentas pessoas que residem em cidades do sudoeste e do litoral sul da Bahia. A ideia é que esses trabalhadores atuem nas fases de construção e operação do projeto Pedra de Ferro, da Bamin. Na última terça-feira, a Bamin e o Senai realizaram a aula inaugural do programa em Ilhéus.

“Fizemos uma aula inaugural do Mina de Talentos em Ilhéus e estamos realizando essa abertura do programa em Caetité e em Guanambi, buscando unir simbolicamente esses municípios, nesse trajeto de qualificação profissional,  antes mesmo da implantação do projeto Pedra de Ferro”, explica Clovis Torres, vice-presidente executivo da Bamin.

Considerado um dos pilares do desenvolvimento das regiões sudoeste e sul da Bahia, o projeto Pedra de Ferro envolve a construção de uma mina, que vai  produzir 19,5 milhões de toneladas de minério de ferro por ano, e de uma usina de beneficiamento desse minério, ambas em Caetité, além de um terminal portuário de uso privativo da empresa, a ser construído em Ilhéus. Para viabilizar o programa Mina de Talentos, foram criados centros de formação em cidades localizadas na área de abrangência do projeto, a exemplo de Caetité, Guanambi, Malhada, Pindaí e Ilhéus.

“É importante lembrar que a maioria dos qualificados será aproveitada nas fases de construção e operação do projeto da Bamin. Serão mais de cinco mil vagas em cursos de capacitação para a fase de construção e quase mil vagas para os cursos voltados para a fase de operação”, informa Torres.

Read the rest of this entry »

Bamin reafirma compromisso com cidadania

Clovis Torres fala sobre os compromissos da Bamin

Centenas de pessoas acompanharam nesta terça-feira (26), em Ilhéus, sul da Bahia, a aula inaugural do programa de qualificação profissional Mina de Talentos, realizado pela Bahia Mineração em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Na oportunidade, os alunos matriculados na primeira fase do programa assistiram a uma palestra sobre cidadania, proferida pela professora da Faculdade de Ilhéus e historiadora Maria Luiza Heine.

A atitude cidadã foi tema não somente da aula, mas também mereceu destaque de quase todas as autoridades presentes ao evento. Entre elas o vice-presidente executivo da Bahia Mineração, Clovis Torres; a secretária-chefe da Casa Civil do Governo da Bahia, Eva Chiavon; e o gerente regional do Senai, Jurandir Hendler.

Para a secretária, o Mina de Talentos demonstra que a Bahia Mineração não quer apenas formar trabalhadores. “O programa não separa a qualificação profissional e a viabilização do acesso ao trabalho da construção da cidadania”, destacou a chefe da Casa Civil do governo Jaques Wagner. O vice-presidente da empresa, Clovis Torres, declarou que interessa à Bamin “tanto dar retorno a seus acionistas como criar uma sociedade economicamente sustentável”.

O programa Mina de Talentos capacitará 6.500 trabalhadores em diversas áreas nos próximos três anos, com um investimento de R$ 16,7 milhões até 2013. Já é considerado pelo Senai a maior iniciativa de qualificação profissional realizada pela iniciativa privada na Bahia nos últimos dez anos, tendo como objetivo primordial formar mão-de-obra local apta a trabalhar no projeto Pedra de Ferro.

Read the rest of this entry »

Bamin e Senai inauguram “Mina de Talentos”

Na próxima terça-feira (26), será realizada às 9 horas, no Centro de Convenções de Ilhéus (avenida Soares Lopes, s/n, centro), a aula inaugural do Programa Mina de Talentos, uma  parceria da empresa Bahia Mineração (Bamin) com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). O objetivo do programa, numa primeira etapa, é qualificar profissionalmente seis mil e quinhentas pessoas que residem em cidades do sudoeste e do litoral sul da Bahia para atuar nas fases de construção e operação do projeto Pedra de Ferro, da Bamin.

Ainda em fase de implantação, o projeto Pedra de Ferro envolve a construção de uma mina, que vai  produzir 19,5 milhões de toneladas de minério de ferro por ano, e de uma usina de beneficiamento desse minério, ambas em Caetité, além de um terminal portuário de uso privativo da empresa, a ser construído em Ilhéus. Para viabilizar o programa Mina de Talentos, foram criados centros de formação em cidades localizadas na área de abrangência do projeto, a exemplo de Caetité, Guanambi, Malhada, Pindaí e Ilhéus.

“É importante lembrar que a maioria dos qualificados será aproveitada nas fases de construção e operação do projeto da Bamin. Serão mais de cinco mil vagas em cursos de capacitação para a fase de construção e quase mil vagas para os cursos voltados para a fase de operação”, informa o vice-presidente executivo da Bamin, Clovis Torres.

Segundo ele, a Bamin  pretende tornar-se  uma das mineradoras mais modernas do mundo, podendo transformar a Bahia no terceiro maior produtor de minério de ferro do Brasil. “O Mina de Talentos demonstra visão social, já que a empresa inicia um programa de qualificação profissional antes mesmo da implantação de seu empreendimento”, avalia. A empresa pretende contratar pelo menos 60% de sua mão-de-obra na própria região onde está inserida.

Torres afirma ainda que o Brasil vive uma fase de crescimento, mas há uma grande carência de mão-de-obra qualificada.“O Mina de Talentos surge exatamente para garantir condições de contratar a mão de obra local. Queremos construir uma sociedade economicamente sustentável no interior do estado”, afirmou.

Segundo o gerente regional do Senai para o Sul e Sudoeste da Bahia Jurandir Hendler, o Mina de Talentos já pode ser considerado o maior programa de qualificação profissional realizado pela iniciativa privada na Bahia, neste início de década. Além disso, o  programa não chama atenção apenas pela quantidade de pessoas que serão capacitadas, mas principalmente pelo investimento, que será de R$ 16,7 milhões até 2013.

Mina de Talentos dá nova chance

Os candidatos aprovados no processo seletivo da 1ª fase do programa Mina de Talentos, que não fizeram sua matrícula entre os dias 5 e 8 de abril, terão nova chance para se matricular nos cursos de capacitação profissional que serão oferecidos nas cidades de Caetité, Guanambi e Ilhéus.

A Bahia Mineração (Bamin) e o Senai divulgaram as novas datas para a matrícula. Confira:

ILHÉUS

Data: 18/04

Horário: 8h às 12h

Local: SENAI (Av. Ferroviária, 315 – Iguape – Ilhéus)

GUANAMBI

Data: 19/04

Horário: 8h às 12h

Local: Núcleo de Formação Mina de Talentos – Unidade Guanambi (Av. Nilo Coelho, nº 595, Bairro: São José – Guanambi)

CAETITÉ

Data: 20/04

Horário: 8h às 12h

Local: Núcleo de Formação Mina de Talentos – Unidade Caetité (Praça Benjamim Teixeira s/nº, Bairro: Ovídio Teixeira (atrás do Posto de Saúde do bairro) – Caetité)

Documentação – Para efetuar a matrícula, os candidatos classificados no Processo Seletivo devem apresentar RG e CPF.

Confira os candidatos classificados no Processo Seletivo para as primeiras turmas, por curso e cidade

O início das aulas será informado no ato da matrícula.

Maior da Bahia – Segundo o Senai, o Mina de Talentos já pode ser considerado o maior programa de qualificação profissional realizado pela iniciativa privada na Bahia, neste início de década. Além disso, figura entre os cinco maiores do Brasil.

O programa irá capacitar gratuitamente mais de seis mil pessoas, ao longo de todas as fases do programa de qualificação, nas regiões sudoeste e litoral sul da Bahia. O objetivo é que a maioria seja aproveitada nas fases de construção e operação do projeto Pedra de Ferro, da Bamin.

Serão mais de cinco mil vagas em cursos capacitantes para a fase de construção e em torno de mil vagas para os cursos voltados para a fase de operação.

Saiba mais sobre o Mina de Talentos em www.bamin.com.br/minadetalentos

Bamin convoca selecionados no Mina de Talentos para matrícula

Saiu a lista de selecionados para os cursos da primeira fase do programa de qualificação profissional Mina de Talentos, desenvolvido pela Bahia Mineração (Bamin) em parceria com o Senai. Nesta primeira etapa, serão treinadas 742 pessoas nas regiões de Ilhéus, Caetité e Guanambi.

As matrículas em Ilhéus deverão ser feitas nos dias 7 e 8 de abril, na sede do Senai (Iguape). Em Guanambi, o atendimento será nos mesmos dias, no Núcleo de Formação do Mina de Talentos, na Avenida Nilo Coelho, 595. Já em Caetité, os aprovados deverão se dirigir até a Escola Manoel Lopes Teixeira, nos dias 5 e 6 de abril.

Em todos os locais de matrícula, o funcionamento será das 9 às 12 horas e das 14 às 20 horas. É necessário apresentar  RG e CPF.

Segundo os responsáveis pela seleção, os candidatos que foram submetidos a entrevista no último dia 27, e que não estejam na relação divulgada hoje, ainda poderão ser chamados para compor futuras turmas.

Clique no link abaixo para conferir os selecionados para as primeiras turmas, por curso e cidade:

Read the rest of this entry »

Mina de Talentos inscreve candidatos

Inscrição foi sucesso em todas as cidades

Foi grande o movimento nos pontos de inscrição do programa Mina de Talentos, nesta terça-feira (15), o primeiro dia de cadastramento dos candidatos. A iniciativa da Bahia Mineração, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), vai inscrever interessados até o dia 24, com atendimento de segunda a sexta, sempre das 8 horas ao meio-dia.

O Mina de Talentos irá oferecer capacitação para 6.500 pessoas em diversas áreas de atuação profissional. Com esse programa, a Bamin pretende formar mão-de-obra qualificada e apta a trabalhar nas etapas de construção e operação do projeto Pedra de Ferro. Os treinamentos serão ministrados inicialmente na cidade de Ilhéus, no sul da Bahia, além de Caetité e Guanambi, na região sudoeste do Estado.

Em Ilhéus, as inscrições devem ser feitas no Colégio Estadual, situado no bairro do Malhado. Neste primeiro momento, os cursos serão apenas nas áreas de carpintaria, auxiliar civil, técnicas administrativas e marcenaria. Outras capacitações serão oferecidas ao longo do programa, de acordo com a Gerência de Recursos Humanos da Bamin.

As inscrições em Caetité ocorrem na Praça Benjamin Teixeira, enquanto na cidade de Guanambi os candidatos devem dirigir-se à Avenida Governador Nilo Coelho. Os cursos programados para a primeira fase do Mina de Talentos no sudoeste são os de carpintaria, auxiliar civil, técnicas administrativas, marcenaria, operador de motoniveladora e operador de escavadeira.

É fundamental que, no ato da inscrição, o candidato apresente RG, CPF, comprovante de quitação do serviço militar, histórico escolar e algum comprovante de residência (conta de água, luz ou telefone).

Inscrições

Período: 15 a 24 de março de 2011

Horário: De segunda à sexta-feira, das 8 às 12h

Locais:

CAETITÉ

Praça Benjamim Teixeira s/n

Bairro: Ovídio Teixeira (atrás do Posto de Saúde do bairro)

GUANAMBI

Avenida Governador Nilo Coelho, nº 595

Bairro: São José

ILHÉUS

Colégio Estadual de Ilhéus

Av. Antônio Carlos Magalhães – 755

Bairro: Malhado

Inscrições para o Mina de Talentos iniciam em 15 de março

Diversas palestra foram realizadas

A Bahia Mineração encerrou na região Ilhéus a série de palestras que levaram a diversas comunidades informações sobre o programa de cidadania e qualificação profissional Mina de Talentos. As exposições, conduzidas pela equipe Recursos Humanos da empresa, com apoio da equipe de Comunicação e do Senai, parceiro da empresa no programa, orientaram moradores de Ilhéus, Itabuna e Uruçuca sobre questões como número de vagas, áreas de atuação e critérios para participação nos cursos.

Somente nesta região foram realizadas palestras contemplando 33 comunidades, incluindo bairros, vilas, povoados e distritos nas cidades de Ilhéus, Uruçuca e Itabuna. Os encontros atraíram um total de 2.161 pessoas, interessadas pelos cursos e oportunidades profissionais que serão oferecidos pela Bahia Mineração.

O programa Mina de Talentos vai oferecer 5.500 vagas para capacitação relacionada à fase de implantação do Projeto Pedra de Ferro e cerca de 1.000 vagas para a fase de operação. Além do sul da Bahia, que terá o centro de formação em Ilhéus, no antigo Colégio Estadual – atual  Centro Integrado Estadual de Educação Profissional (Cieep), o programa também terá núcleos no sudoeste baiano, nos municípios de Caetité, Pindaí, Malhada e Guanambi, e nos distritos de Brejinho das Ametistas (Caetité) e Guirapá (Pindaí). Nestas localidades, também estão ocorrendo palestras para orientar os moradores sobre o programa de qualificação.

As inscrições no Mina de Talentos serão realizadas no período de 15 a 24 de março, no horário das 8 às 12 horas, de segunda a sexta. Em Ilhéus, os interessados deverão se dirigir ao Cieep, no bairro do Malhado, sendo necessário apresentar xerox de RG, CPF, comprovante de residência e escolaridade, além de comprovante de quitação com o serviço militar (homens).

Mina de Talentos é o maior programa de qualificação profissional da Bahia

As palestras têm atraido muitas pessoas

Diversas comunidades de Ilhéus começaram a receber informações sobre os cursos e critérios para participar do programa de capacitação profissional Mina de Talentos. Após o lançamento no dia 8, a iniciativa passa a ser divulgada junto ao público que será beneficiado diretamente por ela.

As palestras acontecem em Ilhéus e cidades vizinhas até o dia 18 de fevereiro. A primeira delas ocorreu na quarta-feira (9), no Centro de Convenções de Ilhéus, reunindo moradores de 13 comunidades, além de trabalhadores da construção civil. Outra apresentação foi realizada na quinta-feira, para comunidades da zona norte de Ilhéus e ainda uma terceira exposição sexta-feira (11), para moradores da região onde está situado o distrito de Santo Antônio.

Segundo o gerente do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Jurandir Hendler, o Mina de Talentos já pode ser considerado como o maior programa de qualificação profissional realizado na Bahia neste início de década. Além disso, figura entre os cinco maiores do Brasil.

O propósito da Bahia Mineração demonstra visão social, já que a empresa inicia um programa de qualificação profissional antes mesmo da implantação de seu empreendimento. Com isso, o desejo é viabilizar a contratação de pelo menos 60% de sua mão-de-obra na própria região na qual a mineradora vai atuar.

Read the rest of this entry »

Programa Mina de Talentos inicia ciclo de palestras

Uma série de palestras será iniciada nesta quarta-feira (9), com o objetivo de apresentar o programa Mina de Talentos, desenvolvido em parceria da Bahia Mineração com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). A iniciativa da empresa tem como meta capacitar mais de 6,5 mil profissionais e absorvê-los nas fases de construção e operação do Projeto Pedra de Ferro.

A primeira palestra acontece nesta quarta-feira (9), às 18 horas, no Centro de Convenções de Ilhéus, para moradores dos bairros Teotônio Vilela, São Miguel, Iguape, Nelson Costa, Nossa Senhora da Vitória, Hernani Sá, Conquista, além das comunidades do São José, Aritaguá, Vila Olímpio, Princesa Isabel, Sambaituba, Ribeira das Pedras e trabalhadores da construção civil.

A agenda prossegue na quinta-feira (10), às 18 horas, com palestra no Tulha Fest (Ponta da Tulha), dirigida àquela comunidade e moradores de Ponta do Ramo, Mamoan, Retiro, Tibina, Aderno, Vila Juerana e Joia do Atlântico. Na sexta-feira (11), a apresentação do programa acontece no colégio do distrito de Santo Antônio, tendo ainda como público-alvo moradores do Couto, Areia Branca, Santa Maria e Jiboinha.

Outras comunidades serão visitadas no período de 14 a 18 deste mês e a agenda de palestras, que incluirá as cidades da área de influência do projeto, vem sendo divulgada pelas rádios locais e pode também ser conferida no site www.bamin.com.br/minadetalentos.

Newton elogia iniciativa de Bamin

Newton Lima diz que evento promovido pela Bamin é o novo marco do desenvolvimento

Ao participar na manhã desta terça-feira (8), do lançamento do Programa Mina de Talentos, promovido pela Bahia Mineração (Bamin) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), o prefeito de Ilhéus, Newton Lima, disse que a região vive um momento ímpar para o seu desenvolvimento. O evento foi realizado no Teatro Municipal de Ilhéus e contou com a presença dos diversos parceiros, entre eles o secretário extraordinário da Indústria Naval e Portuária, Carlos Costa, representando o governador Jaques Wagner.

Newton Lima parabenizou o vice-presidente da Bamin, Clóvis Torres, pela aglutinação de instituições públicas e privadas em torno de um amplo programa de formação de profissionais em diversas habilidades e competências. Segundo o prefeito, a iniciativa mostra que a empresas está consciente de sua responsabilidade, ao priorizar a participação nos cursos de moradores das cidades localizadas no entorno do empreendimento.

Para o prefeito de Ilhéus, esse é um novo ciclo de desenvolvimento regional, no qual as cidades podem crescer e evoluir dentro de parâmetros previamente planejados, possibilitando a participação de todos os setores na geração de emprego e renda. “Esse evento de hoje nada mais é do que a transformação de um projeto, um sonho, em realidade. Com isso, ganha não só Ilhéus para todas as cidades da região”, comemorou Newton Lima.

Canavieiras pretende ampliar setor turístico
 
O resgate da atividade turística é uma das metas estabelecidas pelo prefeito Almir Melo para ter o turismo como uma das principais atividades econômicas. Trabalho com essa finalidade está sendo desenvolvido pelo secretário Fernando Volpi e que já produz resultados positivos.
 
LEIA MAIS
 
Prefeitura de Canavieiras define data de início do Projeto Verão
A Comissão organizadora do Projeto Verão 2013-14 – integrado pelas secretarias do Turismo e Cultura – já definiu com o prefeito Almir Melo a data de lançamento e início dos eventos. Será na noite de 6 de dezembro, com apresentações artísticas, culturais e esportivas durante as tardes-noites de sexta, sábado e domingo, no sítio histórico.
 
LEIA MAIS
Alto Beco do Fuxico festeja seus 30 anos
 
Saudosismo, amizade, cachaça da boa, cerveja bem gelada, mocofato preparado por Danilo, música de todos os gêneros e para atender todos os gostos. Esse foi o combustível que moveu membros da Confraria do Alto Beco do Fuxico, os acadêmicos da Academia de Letras, Artes, Música, Birita, Inutilidades, Quimeras, Utopia e Etc. (Alambique), além de outros frequentadores do Alto Beco do Fuxico.
 
LEIA MAIS