CIA DA NOTÍCIA

Posts Tagged ‘Sesab’

Hospital amplia UTI Neonatal

A ampliação do espaço físico é uma demanda urgente

A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna está finalizando o projeto de ampliação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do Hospital Manoel Novaes. Com apenas sete leitos credenciados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), a unidade deve passar para 13 leitos credenciados, além de ter sinalizada a ampliação da infraestrutura física, maior demanda identificada hoje no setor. A UTI Neonatal atualmente abriga uma média de 40 recém-nascidos de alto risco e risco intermediário.

De acordo com o diretor clínico do Hospital Manoel Novaes, John Leahy Filho, uma última reunião realizada com a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) deixou acordado investimentos na ampliação da UTI Neonatal. “Estamos aguardando o aumento do número de leitos credenciados, que subirão de sete para 13, e a reforma e ampliação da unidade intensiva, hoje saturada”, declarou John Leahy.

Ainda de acordo com o diretor clínico do Hospital, na UTI Neonatal existe uma média de 15 pacientes de alto risco, além dos 25 leitos da unidade intermediária. “Na unidade intermediária, são recém-nascidos que continuam precisando de assistência intensiva, mas já ganharam peso e são relocados”, relatou John Leahy.

Santa Casa realiza cirurgias bariátricas e cardíacas

A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna está habilitada para realizar cirurgias cardíaca e bariátrica, esta última também chamada de cirurgia do obeso, em pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). A decisão foi acordada entre a instituição filantrópica e a Secretaria Estadual de Saúde da Bahia (Sesab), a partir da revisão do contrato de prestação de serviços hospitalares de alta complexidade em Itabuna.

Após realizar investimentos na aquisição de equipamentos e infraestrutura hospitalar e na contratação de uma equipe multidisciplinar de especialistas nas áreas bariátrica e cardíaca, a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna passa a ter os serviços credenciados para atendimento ao SUS. Para a realização das cirurgias cardíacas, por exemplo, foi necessária a implantação de um complexo Serviço Cardiovascular com suporte em Hemodinâmica para realização de exames como angioplastia, cateterismo e coronabiografia, além de ambulatório e urgência em cardiologia.

Para habilitação das cirurgias bariátricas, os investimentos também passaram por uma adequação em infraestrutura, a exemplo da aquisição de leitos específicos para pacientes com obesidade mórbida, bem como mesa cirúrgica, macas especiais e instrumentação cirúrgica específica para este tipo de cirurgia.

Saúde com as “burras” cheia de dinheiro em Itabuna

Jorge Solla disponibiliza os recursos do Estado

A assinatura de quatro contratos com as principais unidades hospitalares de Itabuna foi o motivo da visita do secretário da Saúde do Estado da Bahia, Jorge Solla, ao município, na tarde de terça-feira (10).

A formalização destes contratos representa um investimento de R$ 11 milhões do Governo do Estado, e tem por finalidade ampliar a oferta de diversos serviços e melhorar as condições de assistência à saúde da população dos municípios da região Sul da Bahia.

A visita de Jorge Solla começou com a assinatura do 2º termo aditivo para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem). Este termo prevê um investimento da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) em torno de R$ 3,6 milhões/ano e a realização de cirurgias bariátricas (cinco ao mês), ampliação do número de neurocirurgias, tomografias e mamografias, além da implantação do serviço de Organização de Procura de Órgãos (OPO), estrutura fundamental para a captação de órgãos e tecidos para transplante.

CONVÊNIOS

Com a assinatura de mais este aditivo, o valor repassado pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) ao Hblem chega a R$ 2 milhões/mês. Vale lembrar que, em 2008, a unidade recebia da Sesab o total de R$ 800 mil/mês. O montante atual representa um aumento de 150%, em menos de três anos, dos valores destinados pelo Governo do Estado ao hospital.

Na sequência, o secretário Jorge Solla assinou com a Santa Casa de Misericórdia, convênios para os hospitais Manoel Novaes, Calixto Midlej Filho e São Lucas, totalizando o valor anual de R$ 7,4 milhões. Os recursos destinados pela Sesab para estas três instituições, mantidas pela Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, representam aproximadamente R$ 56 milhões/ano.

No Manoel Novaes o convênio será para a realização de procedimentos clínicos e cirúrgicos, atendimento de urgência referenciada e não referenciada e serviço de apoio diagnóstico e terapêutico.

Com relação ao Hospital São Lucas, o contrato visa a execução de serviços complementares de saúde nas áreas ambulatorial e hospitalar. Já no Calixto Midlej serão executados serviços de alta complexidade cardiovascular, nefrologia, neurocirurgia, oncologia, retirada de órgãos e tecidos e cirurgia bariátrica.

Recursos para cardiologia aumentam em 303%

Release da Prefeitura de Itabuna informa nesta segunda-feira (18) o que os leitores do CIA DA NOTÍCIA já sabiam desde sábado (16): o aumento dos recursos para a realização de procedimentos cardiovascular (confira por esse link).

Aumento do número de cirurgias cardíacas de cinco para 20 mensais; cateterismos passam de 10 para 50 por mês; a quantidade de cintilografias sai de cinco para 25 no mesmo período; enfim, os recursos para a cardiologia passarão de R$124 mil para R$500 mil (ou seja, um reajuste de 303,22%). Tudo isso será viabilizado no próximo dia 25 de abril, quando a Secretaria Municipal de Saúde de Itabuna assinará novo contrato com a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Respaldado pela alta demanda por serviços custeados pelo SUS em Itabuna, Magela ressalva que vai continuar solicitando aumento, sempre que ele se fizer necessário.

Idosos serão vacinados

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), em conjunto com as secretarias municipais de Saúde, inicia, no próximo dia 25 – prosseguindo até o dia 13 de maio -, mais uma Campanha de Vacinação contra Influenza (gripe), tendo a população de idosos como público alvo preferencial. Este ano, também serão vacinados, os trabalhadores de saúde, crianças menores de dois anos e gestantes, totalizando, em todo o País, cerca de 29 milhões de pessoas.

Na Bahia, a população alvo a ser vacinada contra a gripe é de aproximadamente 1,3 milhão de pessoas com idade a partir de 60 anos, inclusive os que se encontram em casas de repouso, abrigos, asilos, entre outras instituições. A vacina deve também ser aplicada em cerca de 190 mil trabalhadores de saúde de unidades que fazem atendimento para a influenza, 266 mil crianças na faixa etária entre seis meses e menos de dois anos, 20 mil indígenas e 273 mil gestantes, totalizando em torno de 1,8 milhão de pessoas.

A quem serve o Conselho da Saúde?

Nesta sexta-feira (25), às 8h30min, no auditório do Hospital de Olhos Beira-rio, em Itabuna, será realizada uma reunião técnica de avaliação da saúde em Itabuna. O encontro será decisivo para a aprovação da gestão plena do Sistema Único da Saúde (SUS).

Participam da reunião de avaliação técnicos da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia, do Ministério da Saúde, Prefeitura de Itabuna, Conselho das Secretarias Municipais da Saúde (Cosems) e o Conselho Municipal da Saúde de Itabuna.

Convite feito, os conselheiros aprovaram, na reunião de terça-feira (15), por unanimidade, a participação no encontro. Entretanto, na tarde desta quarta-feira (23), os conselheiros municipais da Saúde de Itabuna resolveram voltar atrás, e ficar o dito pelo não dito.

Para bom entendedor, a decisão de não participar de importante reunião para a saúde da população de Itabuna aconteceu num momento político delicado: justamente quando um grupo político resolve lançar uma ofensiva para apresentar pré-candidatura à Prefeitura de Itabuna na eleição do próximo ano.

A manobra política é um tiro no pé desse grupo adversário do prefeito e pode ser entendida como uma atitude – no mínimo pouco responsável por parte do Conselho da Saúde de Itabuna, que exigiu a adoção de medidas para aprovar a plena.

Agora fica a pergunta: O que fez mudar de ideia os bravos e atuantes conselheiros da saúde de Itabuna? Numa questão onde o objeto é o bem maior do homem – a vida, não se admite politicagem. Para se transformar de paladino a algoz, basta um passo em falso.

Cardíacos condenados à morte

Intermináveis filas de espera para cirurgias cardíacas

Os pobres mortais que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS) em Itabuna estão passando por situações inusitadas. Caso necessitem de algum procedimento cirúrgico cardiovascular na cidade não têm como se livrar da possibilidade da morte certa.

É o seguinte: como a Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) firmou convênio com a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna para os benditos procedimentos, não podem ultrapassar a cota mensal estipulada – apenas seis (ou coisa que valha), pois o SUS não paga as cirurgias excedentes.

Se por ventura o paciente for avisado pelos médicos e hospitais que seu procedimento não pode ser liberado em Itabuna, pois a cota já foi preenchida, e quiser ir a Salvador, também não logrará mais sorte. Lá, os médicos ou hospitais da capital dirão que, como ele mora em Itabuna, terá que fazer o procedimento no seu domicílio.

Pelo visto, continuará condenado à morte pela pesada e enfadonha burocracia estatal. Ou seja, se correr o bicho pega, se ficar o  bicho come.

Sesab amplia número de vagas para estágio em transplantes

A partir deste ano, o estágio em transplantes para estudantes de Medicina terá o número de vagas ampliado, passando de 14 para 35. A expansão das vagas oferecidas pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), por meio do Sistema Estadual de Transplantes, se tornou possível através de parceria com escolas de Medicina do interior – Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) –, com sede, respectivamente, em Feira de Santana, Itabuna e Vitória da Conquista.

O estágio, com duração de seis meses e carga de 20 horas semanais, sendo 12 de plantão e oito de atividade didática, aula e produção científica, possibilita que os estudantes participem de todo o processo de doação e transplante de órgãos, a exemplo de entrevista familiar, diagnóstico de morte encefálica e procedimentos cirúrgicos.

Estado e União querem o HBLEM

HBLEM, o hospital desejado por todos

A campanha pela estadualização do Hospital de Base Luiz Eduardo Magalhães (HBLEM) vem tomando corpo junto ao Governo do Estado e até no Governo Federal. A questão é polêmica, pois obriga o Município a abrir mão de sua competência. Em vista disso, o prefeito Azevedo e o secretario Magela protocolaram pedido especial de uma audiência com o Ministro da Saúde para tratar do assunto.

Segundo o Secretário, nesse encontro será demonstrada, tecnicamente, a inviabilidade da estadualização do Hospital, assunto já tratado com o secretário estadual da Saúde, Jorge Solla, e técnicos da Sesab.

Na análise do secretario da Saúde de Itabuna, a solução definitiva para o HBLEM passa por um incremento regular no aporte dos recursos hoje destinados ao Hospital e não envolvem simplesmente o controle de sua gestão. “É preciso afastar as questões meramente políticas partidárias e analisar o aspecto técnico, sobretudo quando o assunto envolve a saúde da população”, declarou.

O prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, se encontra nesta sexta-feira (18), juntamente com o secretário Geraldo Magela, em Salvador, onde participam de uma reunião com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

Na Pauta, além de tratar sobre questões ligadas ao apoio do ministério da saúde às ações de combate a dengue no município, também serão entregues, oficialmente, duas novas ambulâncias para a renovação da frota do Samu de Itabuna.

Itacaré reivindica AIH’s e ambulância

Diana Quadros e representantes da comunidade em audiência com o secretário Jorge Solla

Em audiência com o secretário da Saúde do Estado, Jorge Solla, a secretária de Turismo de Itacaré, Diana Quadros, solicitou o aumento na quantidade de Autorização de Internação Hospitalar (AIH) para a Fundação Hospital de Itacaré (FHI), que é o único estabelecimento no município que dispõe de atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Hoje, a cota liberada mensalmente não tem sido suficiente para atender a demanda dos usuários do sistema público de saúde. A Fundação Hospitalar atende aos cerca de 25 mil habitantes de Itacaré, mais os moradores de municípios como Maraú e Camamu, além de turistas brasileiros e estrangeiros que chegam a cidade durante o verão.

Outra reivindicação é o envio de mais uma ambulância para o município e a liberação de mais medicamentos para Fundação Hospitalar. As reivindicações foram apresentadas na semana passada ao secretário Estadual de Saúde, Jorge Solla, que prometeu ajudar o município.

Atraso da Sesab prejudica Santa Casa

Provedor justifica atraso no pagamento de salários

Diante do anúncio de greve a ser deflagrada na próxima segunda-feira (24), pelos funcionários da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna (SCMI), a diretoria da instituição reuniu a imprensa na tarde desta quinta-feira (20), para prestar esclarecimentos. O provedor Renan Moreira explicou que em consequência do atraso da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), no repasse da verba destinada ao SUS, estimada em R$ 2,1 milhões, a instituição não pode honrar o pagamento dos seus funcionários, referente ao salário do mês de dezembro.

Renan explicou, ainda, que apesar da instituição não dispor de recursos financeiros para sanar tais despesas, está tomando as providências necessárias para obter esta verba através de outra fonte. “Estou trabalhando na tentativa de solucionar esta questão o quanto antes”, reforçou o provedor Renan Moreira. O gerente administrativo-financeiro da instituição, André Wermann, informou que a previsão da Sesab é de que a situação seja normalizada na primeira semana de fevereiro, quando deverá ser repassada a verba referente ao salário de dezembro dos funcionários da instituição.

ORÇAMENTO FECHADO

“Estamos enfrentando essa situação não por vontade da Santa Casa, mas por conta do orçamento do Governo do Estado, que ainda não foi aberto para fazer o pagamento”, reforçou. Wermann ainda informou que a expectativa é de que logo após o pagamento referente ao mês de dezembro, o salário de janeiro também seja quitado ainda na primeira quinzena de fevereiro.

A articulação da greve está sendo coordenada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Saúde de Itabuna e Região (Sintesi), e se realmente for deflagrada, terá como conseqüência a suspensão das atividades nos três hospitais da Santa Casa – Calixto Midlej Filho, Manoel Novaes e São Lucas. “O movimento grevista é legal, mas tende a piorar a situação da saúde em Itabuna, tendo em vista que inúmeros pacientes serão prejudicados”, comentou Wermann

SEminário debate dengue em Ilhéus

Representando a Igreja Católica, Padre João Oiticica está engajado na campanha contra a dengue em Ilhéus

Com o objetivo de convocar o poder público e a sociedade civil para participação conjunta e efetiva nas ações de prevenção e controle da dengue, a Secretaria da Saúde de Ilhéus, em parceria com a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e a Fundação Luís Eduardo Magalhães (Flem), promoveu na tarde da última terça-feira (30), no Auditório da Justiça Federal, o Seminário de Sensibilização para Mobilização Social para a Prevenção e Controle da Dengue.

Inicialmente, foi concedida uma coletiva à imprensa, com a participação do prefeito Newton Lima, do secretário da saúde, Jorge Arouca, da coordenadora do Grupo de Trabalho Ampliado da Dengue da Fundação Luis Eduardo Magalhães (Flem), Melyssa Neves, e a coordenadora do Grupo de Trabalho Ampliado da Dengue na Sesab, Elisabete França.

Seguindo com as atividades da tarde, foi realizado um encontro aberto ao público, que reuniu representantes de órgãos públicos e da sociedade civil como igreja católica, polícia militar, exército, associações de bairros, conselhos, embasa, Infraero e setor empresarial. Durante o evento, foi apresentado o projeto de mobilização social para o município, que visa incluir a participação direta da sociedade e apoiar as ações que já estão sendo implementadas.

Páginas: 1 2 Próximas
Canavieiras pretende ampliar setor turístico
 
O resgate da atividade turística é uma das metas estabelecidas pelo prefeito Almir Melo para ter o turismo como uma das principais atividades econômicas. Trabalho com essa finalidade está sendo desenvolvido pelo secretário Fernando Volpi e que já produz resultados positivos.
 
LEIA MAIS
 
Prefeitura de Canavieiras define data de início do Projeto Verão
A Comissão organizadora do Projeto Verão 2013-14 – integrado pelas secretarias do Turismo e Cultura – já definiu com o prefeito Almir Melo a data de lançamento e início dos eventos. Será na noite de 6 de dezembro, com apresentações artísticas, culturais e esportivas durante as tardes-noites de sexta, sábado e domingo, no sítio histórico.
 
LEIA MAIS
Alto Beco do Fuxico festeja seus 30 anos
 
Saudosismo, amizade, cachaça da boa, cerveja bem gelada, mocofato preparado por Danilo, música de todos os gêneros e para atender todos os gostos. Esse foi o combustível que moveu membros da Confraria do Alto Beco do Fuxico, os acadêmicos da Academia de Letras, Artes, Música, Birita, Inutilidades, Quimeras, Utopia e Etc. (Alambique), além de outros frequentadores do Alto Beco do Fuxico.
 
LEIA MAIS